12573088_1023372621058619_7903846804145223250_n

VERÃO SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

No verão, temos a plenitude na natureza e na vida. É a plenitude da energia Yang. Reina o Sol, o elemento Fogo e o órgão do ciclo é o Coração. É a energia em estado pleno se movimentando para cima e para fora, não é um período para forçar coisas novas, é um período para usufruir, não criar. No verão, nossas energias e emoções emanam do nosso interior em direção ao exterior.

É um ciclo para buscar “sombra e água fresca”. Fresca sim, gelada não! As bebidas geladas agridem nosso organismo com uma temperatura tão diferente, provocam a dilatação do estômago e do intestino. Ainda, na tradição chinesa, não se come nada frio ou cru e, na cozinha, reina a regra: “cozinhar sempre, mas nunca cozinhar demais”, porque isso garante que os alimentos preservem seus nutrientes e que façamos uma boa digestão.

Assim como na Primavera, no Verão eliminamos naturalmente os excessos, tanto através do suor quanto de gripes e resfriados, porque a energia se move para cima e para fora. É um período propício para consumir chás e sucos que auxiliem na desintoxicação, pois só estamos favorecendo um processo natural.

A alimentação do verão está para equilibrar o elemento Fogo e especialmente nosso coração, o que favorece os sentimentos positivos da época. Devemos comer menos, mas com uma frequência maior, evitando sempre as gorduras!

O sabor amargo merece um espaço especial em nosso cardápio. Alimentos como chicória, jiló, couve, serralha, nabo, aspargo, aipo, alcachofra, alfaces ajuda a tonificar a energia do coração. As frutas suculentas auxiliam no equilíbrio do calor. Frutas como abacaxi, laranja, melancia, melão, pera, ameixa vermelha, uva, etc refrescam e hidratam. Temperos como limão, salsa, cebolinha, funcho, hortelã, coentro, alho-poró, alcaparra e todas as ervas frescas são muito bem vindos.

A Medicina Tradicional Chinesa tem uma compreensão profunda do ser humano e sua relação com a natureza e as estações, tendo muito a contribuir para a nossa saúde hoje.

(Texto de Carlos Lampert Filho – RS)

 

12573088_1023372621058619_7903846804145223250_n

Comentários

Comentários