Posts

1051a

Cólicas Menstruais – Cristina Cairo

 

A dor que a mulher sente às vésperas de sua menstruação, ou durante, representa seu estado emocional duro e yang. Ou seja, quando a mulher necessita substituir as tarefas pesadas de um homem, como preocupações exageradas com contas a pagar, ou quando se torna controladora, possessiva e autoritária.

A cólica é um distúrbio nervoso localizado na área yin, que representa a feminilidade, a doçura, a criatividade romântica, a procriação, os sonhos acordados, a organização calma de uma família ou de uma empresa, os divertimentos, os prazeres pessoais e até pequenas viagens para descanso.

A mulher que vive sempre preocupada, mandando em tudo e em todos e se esquece de ser independente e livre para sua vida pessoal, sofre com cólicas menstruais. Seu inconsciente lhe avisa que está na hora de ser mais dócil e se permitir ser amada por quem realmente valha a pena.

Todas as mulheres que sofrem com seu útero estão declarando guerra contra os homens de uma maneira às vezes sutil e às vezes declarada. É uma situação que deve ser conscientizada, pois esse desejo está alojado no fundo do inconsciente, devido ao modelo de pai que ficou gravado na memória do computador de sua mente desde a infância.
Gosto de explicar que a imagem que guardamos de nossos pais nada tem a ver com os erros deles, e sim com as sensações que nossa alma guarda devido aos carmas que trazemos.

Semelhante atrai semelhante e nada justifica culpar os pais pelos caminhos que escolhemos.

Quando o pai foi ausente de alguma maneira – morreu cedo, viajava muito, era submisso à esposa, era muito doente, foi autoritário, alcoólatra ou mesmo tinha outra família -, a filha guardará esse modelo em seu inconsciente, muitas vezes se esquecendo disso na vida adulta. Quando ela se tornar mulher, sentirá por várias vezes que seu coração está triste, insatisfeito e vazio. Nenhum homem conseguirá preencher esse espaço e então ela se torna a guerreira, a solitária e a buscadora daquilo que parece nunca encontrar.

Seu coração e sua alma chamam por seu pai sem que ela saiba. Chamam por aquele que poderia ter feito sua vida ser mais leve, carregando sua dor da infância. Mas conscientemente ela apenas acredita que sua personalidade é forte e que sempre será assim.

Querida amiga, sua dor tem fundamento e também tem solução. Nada acontece por acaso e você precisa saber que seu pai foi o pai que você precisava para esta vida. Ele só fez o que o coração dele pediu. Mesmo que você não tenha gostado ou tenha esquecido para se proteger de uma dor maior, avise seu coração que você tem o direito de relaxar e soltar os problemas nas mãos de outras pessoas também. Divirta-se mais e rejeite qualquer sentimento de culpa. Sua leveza de alma está em suas mãos e na forma de você olhar os problemas do dia a dia. Solte seus pensamentos, sonhe como mulher maravilhosa que você é e deixe o Universo realizar aquilo que você pensa.

Coloque agora suas mãos sobre sua barriga a altura do seu útero e lhe diga: “me desculpe por eu ter sido tão dura em meu coração, me desculpe por eu ter sido tão controladora com as pessoas. Confie em mim, vou aprender a soltar aqueles que tenho medo de perder, porque agora sei que nunca perdi ninguém, apenas cada um tem seu destino e Deus jamais me abandonará. Agora, útero amado, você pode soltar essa dor e relaxar nas minhas mãos”.

Respire profundamente, com calma, permanecendo em silêncio por alguns instantes. Agradeça e relaxe.

Cristina Cairo – Linguagem do Corpo vol. 3 – A Cura pelo Amor

1483260_675835865780774_747477374_n

Intervenção de Seres Alienígenas em quatro Crianças em estado Terminal ( Hospital Espanha )

Eles estão aparecendo em quartos de hospital para pacientes agonizantes, tocando em suas testas e curando-os de câncer terminal !
Esse é o incrível relatório de 14 doutores altamente respeitados e membros do Pyrenees Hospital de Los Ninos em Andorra, Espanha.
Eles viram extraterrestres de 1.5 m de altura usar sua “magia” em quatro crianças doentes terminais no período de um mês.
“Eu não pude acreditar em meus olhos”, disse a enfermeira noturna Lupe Montoya que estava trabalhando no setor de oncologia do hospital das crianças durante a primeira visita alienígena.
“Eu estava preenchendo relatórios quando vi duas pequenas criaturas caminharem na minha direção.
No princípio eu pensei que duas das crianças estavam fora de suas camas e assim eu me levantei para levá-las de volta para os seus quartos.
Mas quando me aproximei vi eles não eram humanos.
Tinham uma cor castanha, com cabeça e olhos amendoados grandes.
Eles não pareciam com nada encontrado nesse planeta.
Eu tive medo porque eles pareciam muito misteriosos.
Mas ao mesmo tempo eu sentia um tipo de inteligência amorosa nesses estranhos olhos”.
A enfermeira Montoya diz que as criaturas entraram no quarto de Juan Lopez, um menino de 7 anos, que esperava-se que morresse de leucemia dentro de uma semana.
Ela alertou o guarda de segurança e chamou o Dr. Tomas Ruiz que estava cuidando de outro paciente.
“Quando caminhamos em direção ao pequeno Juan, seu quarto estava banhado de uma luz dourada brilhante”, disse o Dr. Ruiz.
Os alienígenas estavam ao lado da cama.
Parecia existir um laço místico entre eles e o menino.
Um dos seres tocou a testa de Juan, com suavidade, com seu dedo longo e ele foi cercado imediatamente por uma luminosa aura.
Quando os alienígenas deixaram o hospital, os doutores radiografaram e examinaram Juan.
Ele estava completamente livre do câncer.
Desde aquela noite, Maria Munoz, 9 anos, Anita Pena, 8 anos e Hector Gomez, 9 anos, todos diagnosticados como doentes terminais, também foram curados pelas criaturas desconhecidas.
Os 14 membros do staff do hospital viram os seres executar os milagres.
“Há um padrão para essas visitas”, diz Dr. Ruiz. “Elas sempre acontecem ao redor 1h da manhã, os alienígenas sempre entram em pares e sempre curam com um toque na testa”.
Dr. Dego Garcia, famoso metafísico e pesquisador dos aparecimentos de alienígenas há mais de 30 anos, diz que há muito tempo as Montanhas dos Pirineus são conhecidas por sua grande atividade de OVNIs.