Posts

13203533-egyptian-papyrus-depicting-the-horus-eye

Olho de Hórus

olho-de-horus-1_xl.jpegO Olho de Hórus simboliza força, poder, coragem, proteção, clarividência, saúde. Representa o olhar aberto e justiceiro de um dos deuses egípcios da mitologia: o deus Hórus.

O símbolo do “Olho de Hórus” é representado por um olho humano, composto de pálpebras, íris e sobrancelha. As linhas abaixo figuram as lágrimas, que por sua vez, simbolizam a dor na batalha em que o deus Hórus perde o seu olho. A forma como o Olho de Hórus é representada está também associada a alguns animais adorados pelos egípcios, como o gato, o falcão e a gazela.

 

 

Lenda do Olho de Hórus

Denominado também de “Udjat” (olho direito) e “Wedjat” (olho esquerdo), que significa “olho inteiro”, o olho de Hórus na mitologia egípcia, é um símbolo sagrado que representa o sol (olho direito) e a lua (olho esquerdo), enquanto os dois olhos juntos (Udjat/Wedjat), simbolizam todo o Universo e também as forças da luz. Esse conceito, aproxima-se bastante do símbolo do Tao, Yin e Yang, em que um é o sol, o outro a lua e juntos, formas as forças de tudo o que existe no universo.

Hórus era considerado “Deus dos céus”, filho de Osíris e de Ísis, e possuía cabeça de falcão. O Olho de Hórus tornou-se um amuleto de sorte muito usado. A simbologia da sorte presente neste amuleto que afasta o mal, advém da lenda egípcia que conta que ele, para vingar a morte de seu pai, enfrenta Seth, o Deus do Caos; e, como consequência dessa luta, Hórus, perde o olho esquerdo, que por sua vez fora substituído por um amuleto de serpente. Por esse motivo, o olho de Hórus, tornou-se um símbolo de proteção e força, talvez o mais conhecido e utilizado no Egito, usado para conceder poderes curativos. Não obstante, para os egípcios, o olho era o espelho da alma, e possuía poderes mágicos contra o mau olhado e as forças do mal.

 

Simbologias do Olho de Hórus

O olho de Hórus também representa o símbolo da maçonaria que significa o “olho que tudo vê“. Além disso é utilizado em várias ordens de cunho Gnóstico e Esotérico a fim de trazer proteção. Na religião Wicca, o “Olho de Hórus” é muito usado como amuleto protetor e energizador uma vez que seu usuário adquire maior clarividência, equilíbrio e poder de cura. Por outro lado, para os cristãos, é visto como um símbolo demoníaco por associar-se a um Deus pagão.

Nas tradições neo-pagãs o “Olho de Hórus” favorece a ‘evolução’ do terceiro olho, dons estes relacionados à clarividência e, da mesma maneira, simbolizando o “olho que vê”, ou seja, aquele que enxerga muito além das aparências. Por esse motivo, atualmente esse símbolo adquiriu grande popularidade sendo muito utilizado em amuletos, livros e objetos ritualísticos como símbolo de proteção, de elevação, de energia. Vale observar que o “Olho de Hórus” é encontrado no dólar, dinheiro americano, símbolo da providência econômica dos Estados Unidos.

download

buraco-de-minhoca-magnetico

Físicos criam pela primeira vez um buraco de minhoca magnético

isso mesmo: pesquisadores conseguiram criar em laboratório uma estrutura que segue a mesma lógica de um buraco de minhoca. Só não pense que tenha sido algo parecido com aqueles túneis incríveis usados por exploradores espaciais em Interestelar ou Star Trek para percorrer rapidamente distâncias absurdas no universo. Se fosse assim, é provável que os responsáveis estivessem agora mesmo em algum lugar bem longe da Via Láctea. O fato é que fazer um atalho desses é absolutamente impossível com a tecnologia que temos hoje, pois seria preciso gerar enormes quantidades de energia gravitacional, algo que ninguém sabe fazer ainda. Mas a comparação é válida. Nas palavras de Àlvar Sánchez, investigador principal do estudo, a máquina deles também “muda a topologia do espaço, como se a região interna tivesse sido magneticamente apagada do espaço.”

O experimento magnético realizado pelos cientistas da Universidade Autônoma de Barcelona e os resultados a que chegaram são bem impressionantes. Eles criaram uma espécie de túnel com um formato arredondado feito a partir de metamateriais e metassuperfícies capazes de funcionar como uma espécie de ponte que liga dois pontos no espaço. Como um buraco de minhoca mesmo, só que a única coisa que pode atravessar o túnel de uma ponta a outra são campos magnéticos, criados por ímãs ou eletroímãs. Os físicos foram bem-sucedidos em mandar o campo até o outro lado, e o mais intrigante é que ele ficou invisível, ou indetectável, durante o percurso. A impressão é de que tenha sido transportado por uma outra dimensão, que transcende a realidade tridimensional a que estamos acostumados.

Outro fato inusitado foi que quando chegou à outra ponta, o campo passou a ter um único polo, apenas um norte ou um sul. Os físicos chamam isso de monopolo magnético. É importante notar que essas estruturas não surgem espontaneamente na natureza. A esfera que produziu o buraco de minhoca experimental é composta por três camadas: uma superfície externa ferromagnética, outra parte feita com material supercondutor e outro revestimento ferromagnético cobrindo um cilindro que atravessa a esfera inteira. Mas afinal, a tecnologia tem alguma utilidade prática? Os pesquisadores dizem que sim, especialmente na medicina. Eles citam a possibilidade de implementação em máquinas de ressonância magnética, que passariam a poder fazer o exame à distância, aumentando o conforto dos pacientes. Os aparelhos também seriam capazes de atuar simultaneamente em várias partes do corpo.

Via ScienceDaily

thtrhthhthh