images

OM – O Som Cósmico – Paramahansa Yogananda

 

O OM, é um dos símbolos mais sagrados do Hinduísmo.
Estudos mostram que este som induz efeitos relaxantes, potencializando a cura física e emocional.
O símbolo vem do Devanagiri, um manuscrito baseado em sânscrito, de onde outras linguagens emergiram.
O OM é o nome/frequência universal “Daquele que Tudo Sabe”. É composto dos sons à (foneticamente como em “manhã”), U (foneticamente como em “ungir”) e M (foneticamente como em “mamãe”).
O som simboliza o Trimurti, uma união de três deuses, consistindo em Brahma (o criador), Vishnu (o conservador), e Shiva (o destruidor).
Esta palavra é um dos sons mais profundos que seres humanos podem criar com as cordas vocais e o mais fácil de ser proferido.

VÍDEO: Meditação com o Mantra Sagrado OM (AUM) com texto de Paramahansa Yogananda, retirado de seu livro “Meditações Metafísicas” com música “Om” de Áureo Corrá.

Paramahansa Yogananda (5 de janeiro de 1893 a 7 de março de 1952), foi um iogue e guru indiano. É considerado um dos maiores emissários da antiga filosofia da Índia para o Ocidente. Através da Self-Realization Fellowship (SRF), a organização que fundou ao chegar aos Estados Unidos, foi pioneiro ao promover a prática da meditação por meio das lições que os estudantes recebiam em casa, pelo correio, para cumprir a sua missão mundial de difundir as técnicas de Kriya Yoga.
Paramahansa Yogananda teve sua singular história de vida imortalizada no best-seller “Autobiografia de um Iogue”.

Veja o efeito místico e esotérico das “sílabas-sementes”(o Som que manifesta a realidade) inserido no primeiro livro da Trilogia O Sol Negro:
– O Sol Negro – O Retorno das Sociedades Secretas do Vril
– O Sol Negro – A Cidade Secreta do Vril.

 

Comentários

Comentários