cat_caravaggio_01

O Evangelho de São Tomé

O chamado Evangelho de Tomé é um apócrifo, pois não faz parte do cânone definido pela Igreja de Roma porque, em sua opinião, não foi inspirado por Deus; mas é, de facto, um apócrifo no verdadeiro sentido do termo grego de que deriva, pois é um texto oculto, secreto, reservado a iniciados nos mistérios, como o autor define logo no início ao dizer “Estas são as Sentenças ocultas [logo, secretas] que o Jesus vivo proferiu (e) quem encontrar a (sua) interpretação (…) não experimentará a morte”, e não a encontrará porque terá já alcançado um elevado grau de iniciação.

Trata-se de uma coleção de 114  Sentenças de Jesus, algumas com correspondência nos evangelhos canônicos, principalmente nos sinópticos, na sua maioria de difícil, ou mesmo impossível interpretação para não iniciados.

O Evangelho de Tomé  foi escrito por volta do ano 140 A.D., tendo sido citado por alguns Padres da Igreja, como Orígenes (185-254), até que em 787 foi considerado herético pelo Segundo Concílio de Niceia. Porém, a despeito da sua antiguidade,  apenas foi parcialmente conhecido no Ocidente em 1920, quando o professor H. G. Evelyn White, da Universidade de Cambridge, publicou The Sayings of Jesus from Oxyhrynchus, uma tradução em inglês de dois papiros em grego do século III, onde constam, somente, 14 Sentenças, e que foram descobertos, em mau estado, entre 1896 e 1907 na famosa estação arqueológica de Oxyrhynchus.  O texto completo apenas foi conhecido do grande público em 1981, quando a Harper Row, Publishers publicou The Nag Hammadi Library, a tradução em inglês dos cinquenta e dois tratados, escritos em copta,  encontrados próximo de Nag Hammadi .

O Evangelho de Tomé é um texto gnóstico que reflete ensinamentos de uma escola de mistérios maiores, cuja espiritualidade me parece superior à de João, porque, enquanto este define, no prólogo, o âmbito cósmico e a intemporalidade do trabalho do Cristo, e realça a sua analogia com o Verbo, o autor do Evangelho de Tomé vai muito mais alto e encoraja os crentes a procurar conhecer Deus através das capacidades que lhes foram divinamente concedidas; aliás. o Evangelho de João é muito mais acessível a um não iniciado do que o Evangelho de Tomé.

 

Estas são as sentenças ocultas que o Jesus vivo pronunciou e Judas Tomé, o Gêmeo registrou.

1 E ele disse: “Quem quer que descubra a interpretação destas sentenças não provará a morte”. 2 Jesus disse: “Que aquele que procura não deixe de procurar até que encontre. Quando encontrar, ficará perturbado. Quando estiver perturbado, ficará maravilhado e dominará tudo”. 3 Jesus disse: “Se seus lideres lhes dizem: ‘Vejam, o reino está no céu’, então os pássaros do céu os precederão. Se lhes dizem: ‘Está no mar’, então o peixe os precederá. Antes, o reino está dentro de vocês e está fora de vocês”. “Quando vocês se conhecerem, então serão conhecidos, e compreenderão que são filhos do pai vivo. Mas se não se conhecem, então vivem na pobreza e são a pobreza”. 4 Jesus disse: “A pessoa na velhice não hesitará em perguntar a uma criancinha de sete dias sobre o lugar da vida, e essa pessoa viverá. Pois muitos dos primeiros serão os últimos e se tornarão um só”. 5 Jesus disse: “Conheça o que está diante de sua face, e o que está oculto para você ser-lhe-á revelado. Pois nada há oculto que não seja revelado”. 6 Seus seguidores perguntaram-lhe e disseram-lhe: quer que jejuemos? Como devemos rezar? Devemos dar esmolas? Que tipo de alimentação devemos observar?” Jesus disse: “Não devem mentir e não devem fazer o que odeiam, porque todas as coisas são desvendadas diante do céu. Pois nada há oculto que não seja revelado, e nada há encoberto que permaneça velado”. 7 Jesus disse: “Feliz é o leão que o ser humano comerá, pois assim o leão se torna humano. E tolo é o ser humano que o leão comerá, e o leão se tornará humano”. 8 E ele disse: “A humanidade é como um pescador sábio que lança sua rede ao mar e a tirou do mar cheia de pequenos peixes. Entre estes o pescador sábio descobriu um peixe grande e excelente. Jogou os, peixes pequenos de volta ao mar e sem dificuldade escolheu o peixe grande. Quem quer que tenha ouvidos para ouvir deve ouvir”. 9 Jesus disse: “Vejam, o semeador saiu, tomou um punhado (de sementes) e (as) espalhou. Algumas caíram no caminho, e os pássaros vieram e as apanharam. Outras caíram na rocha e não criaram raiz no solo e não produziram brotos de grão. Outras caíram em espinhos e estes sufocaram as sementes e os vermes as devoraram. E outras caíram em solo bom, e ele produziu uma boa colheita: rendeu sessenta por medida e cento e vinte por medida”. 10 Jesus disse: “Lancei fogo sobre o mundo, e veja, observo-o até que ele arda”. 11 Jesus disse: “Este céu passará, e o que está acima dele passará. “Os mortos não estão vivos, e os vivos não morrerão. “Durante os dias em que comiam o que está morto, vocês o tornaram vivo. Quando estiverem na luz, o que farão? “No dia em que eram um, vocês se tornaram dois. Mas quando se tornarem dois, o que farão?” 12 Os seguidores disseram a Jesus: “Sabemos que você nos deixará. Quem será nosso líder?” Jesus lhos disse: “Não importa onde estiverem, procurarão Tiago, o Justo, em consideração de quem foram criados o céu e a terra. 13 Jesus disse a seus seguidores: “Comparem-me com algo e digam-me com que me assemelho”. Simão Pedro disse-lhe. “O senhor é como um mensageiro justo”. Mateus disse-lhe: “O senhor é como um sábio filósofo”. Tomé disse-lhe: “Mestre, minha boca é totalmente incapaz de dizer com que o senhor se assemelha”. Jesus disse: “Não sou seu mestre. Porque você bebeu, embriagou-se na fonte borbulhante que ofereci”. E se afastou com ele e lhe disse três sentenças. Quando Tomé voltou para seus amigos, estes lhe perguntaram: “O que Jesus lhe disse?” Tomé lhos disse: “Se eu lhos expuser uma das sentenças que ele me disse, vocês pegarão pedras e me apedrejarão, e das pedras virá fogo e os consumirá”. 14 Jesus disse-lhes: “Se jejuarem, incorrem em pecado, e se orarem, serão condenados, e se derem esmolas, prejudicarão os seus espíritos. “Quando forem a qualquer região e andarem pelo campo, quando as pessoas os receberem, comam o que lhes servirem e curem aquelas que estiverem doentes. Pois o que entrar em sua boca não os conspurcará, é o que sai de sua boca que os conspurcará”. 15 Jesus disse: “Quando virem alguém que não nasceu de mulher, prosternem-se e adorem. Este é o seu pai”. 16 Jesus disse: “Talvez as pessoas julguem que vim para impor paz ao mundo. Não sabem que vim para impor conflitos sobre a terra: fogo, espada, guerra. Pois haverá cinco em uma casa: haverá três contra dois e dois contra três, pai contra filho e filho contra pai, e permanecerão sozinhos”. 17 Jesus disse: “Dar-lhes-ei o que nenhum olho viu, o que nenhum ouvido ouviu, o que nenhuma mão tocou, o que não se manifestou no coração humano”. 18 Os seguidores disseram a Jesus: “Diga-nos como será nosso fim”. Jesus disse” “Vocês descobriram, então, o princípio, de modo que procuram o fim? Onde o princípio está, o fim estará. Feliz é aquele que permanece no principio: ele conhecerá o fim e não provará a morte”. 19 Jesus disse: “Feliz aquele que existiu antes de existir. “Se se tornarem meus seguidores e ouvirem minhas palavras, estas pedras lhes servirão. “Pois para vocês há cinco árvores no paraíso; elas não se modificam, seja no verão, seja no inverno, e suas folhas não caem. Quem quer que as conheça não provará a morte”. 20 Os seguidores disseram a Jesus: “Diga-nos com o que se assemelha o reino do céu”. Ele lhes disse: “É como uma semente de mostarda. é a menor de todas as sementes, mas quando cai em solo preparado produz uma grande planta e se torna abrigo para os pássaros do céu”. 21 Maria disse a Jesus: “Seus seguidores se assemelham com o quê?” Disse ele: “São como criancinhas que vivem em um campo que não é delas. Quando os proprietários do campo chegarem, eles dirão: ‘Devolvam-nos nosso campo’. Elas tiram suas roupas na frente deles a fim de devolvê-lo para eles e lhes entregam seu campo. “Por esta razão eu digo: se o dono de uma casa sabe que um ladrão está vindo, ele ficará alerta antes que o ladrão chegue e não deixará o ladrão invadir a casa de sua propriedade e roubar seus bens. Quanto a vocês, então, fiquem alerta contra o mundo. Armem-se de grande força, ou os assaltantes poderão encontrar um meio de chegar até vocês, pois o contratempo que esperam chegará. Que tenham entre vocês uma pessoa que compreenda. “Quando a safra amadureceu, a pessoa veio rapidamente com a foice na mão e a colheu. Quem quer que tenha ouvidos para ouvir deve ouvir”. 22 Jesus viu algumas criancinhas. Disse ele a seus seguidores: “Essas crianças são como aqueles que entram no reino”. Eles lhe disseram: “Então devemos entrar no reino como criancinhas?” Jesus lhes disse: “Quando de dois fizerem um, e o de dentro ser como o de fora, e o de fora ser como o de dentro, e o de cima ser como o de baixo, e quando de homem e mulher fizerem um só, então o homem não será homem nem a mulher será mulher, quando puserem olhos em lugar de um olho, uma mão em lugar de uma mão, um pé em lugar de um pé, uma imagem em lugar de uma imagem, então vocês entrarão [no reino]”. 23 Jesus disse: “Eu os escolherei, um dentro mil e dois dentre dez mil, e eles permanecerão como um só”. 24 Seus seguidores disseram: “Mostre-nos o lugar onde você está, pois temos de procurar por ele”. Ele lhes disse: “Quem quer que tenha ouvidos deve ouvir. Há luz dentro de uma pessoa de luz, e a luz brilha sobre o mundo. Se não brilha, faz-se treva”. 25 Jesus disse: “Ame seu irmão como sua alma, proteja essa pessoa como a pupila de seu olho”. 26 Jesus disse: “Você vê o cisco que está no olho de seu irmão, mas não vê a trave que está em seu próprio olho. Quando tirar a trave de seu próprio olho, então você verá de modo suficientemente claro para tirar o cisco do olho de seu irmão”. 27 “Se não jejuarem do mundo, vocês não encontrarão o reino. Se não observarem o sabá como sabá, não verão o pai”. 28 Jesus disse: “Permaneci no meio do mundo, e em carne apareci para eles. Encontrei-os todos embriagados e não encontrei nenhum deles sedento. Minha alma padeceu pelos filhos da humanidade, porque estão cegos em seus corações e não vêem, pois vieram ao mundo vazios e procuram sair do mundo vazios. Mas agora estão embriagados. Quando se livrarem de seu vinho, então se arrependerão”. 29 Jesus disse: “Se a carne foi criada por causa do espírito, isto é uma maravilha, mas se o espirito foi criado por causa do corpo, isto é maravilha das maravilhas. No entanto, maravilha-me como essa grande riqueza veio a estar nesta pobreza”. 30 Jesus disse: “Onde há três divindades, elas são divinas. Onde há duas ou uma, estou com esta”. 31 Jesus disse: “Um profeta não é aceitável na própria aldeia do profeta; um médico não cura aqueles que conhecem o médico”. 32 Jesus disse: “Uma cidade construída sobre alta montanha e fortificada não pode cair, nem pode estar oculta”. 33 Jesus disse: “O que ouvirem em seu ouvido, de seu telhado proclamem no outro ouvido. Pois ninguém acende uma lâmpada e a põe sob uma cesta, nem a põe em lugar escondido. Ao contrário, põe-na em um suporte, de modo que todos os que vêm e vão vejam sua luz”. 34 Jesus disse: “Se uma pessoa cega conduz uma pessoa cega, ambas cairão em um buraco”. 35 Jesus disse: “Você não pode entrar na casa do forte e retirá-lo à força sem atar-lhe as mãos. Então você poderá saquear a casa da pessoa”. 36 Jesus disse: “Não se preocupe, da manhã até a noite e da noite até a manhã, com o que vestirá”. 37 Seus seguidores disseram: “Quando você aparecerá para nós, e quando o veremos?” Jesus disse: “Quando vocês se desnudarem sem se envergonharem e tomarem suas roupas e as puserem sob seus pés como crianças e as pisarem, então [vocês] verão o filho daquele que vive e não terão medo”. 38 Jesus disse: “Com freqüência vocês desejam ouvir estas palavras que pronuncio para vocês, e não têm ninguém mais de quem ouvi-las. Haverá dias em que me procurarão e não me encontrarão”. 39 Jesus disse: “Os fariseus e os escribas tomaram as chaves do conhecimento e as esconderam. Eles não entraram, nem permitiram que entrassem aqueles que querem entrar. Quanto a vocês, sejam tão astutos quanto cobras e tão inocentes quanto pombas”. 40 Jesus disse: “Uma videira foi plantada longe do pai. Como não é forte, será arrancada pela raiz e morrerá”. 41 Jesus disse: “Quem tiver algo na mão receberá mais, e quem nada tiver será privado até mesmo do pouco que tiver”. 42 Jesus disse: “Sejam transeuntes”. 43 Seus seguidores disseram-lhe: “Quem é o senhor para nos dizer estas coisas?” “Não sabem quem sou pelo que digo a vocês. Ao contrário, vocês se tornaram como os judeus, pois estes gostam da árvore, mas odeiam seu fruto, ou gostam do fruto, mas odeiam a árvore”. 44 Jesus disse: “Quem quer que blasfeme contra o pai será perdoado, e quem quer que blasfeme contra o filho será perdoado, mas quem quer que blasfeme contra o espírito santo não será perdoado, seja na terra, seja no céu”. 45 Jesus disse: “As uvas não são colhidas em árvores com espinhos, nem figos são colhidos em cardos, pois não dão fruto. Uma pessoa boa produz o bem a partir do depósito; uma pessoa má produz coisas más a partir do corrompido depósito do coração e diz coisas más. Da abundância do coração esta pessoa produz coisas más”. 46 Jesus disse: “De Adão a João Batista, entre os que nasceram de mulheres, ninguém é tão grande como João Batista, para que os olhos da pessoa não devam ser afastados. Mas eu disse que quem quer que dentre vocês se torne criança conhecerá o reino e se tornará maior que João”. 47 Jesus disse: “Uma pessoa não pode montar dois cavalos ou curvar dois arcos. E um servidor não pode servir a dois senhores, ou esse servidor honrará um e ofenderá outro. Ninguém bebe vinho envelhecido e imediatamente deseja beber vinho novo. O vinho novo não é posto em odres envelhecidos, ou estes podem quebrar, e vinho envelhecido não é posto em odre novo, ou o vinho pode estragar. Um pano velho não é costurado em uma roupa nova, pois iria haver um rasgão”. 48 Jesus disse: “Se dois fazem as pazes entre si em uma mesma casa, dirão à montanha: ‘Mova-se’, e ela se moverá”. 49 Jesus disse: “Felizes aqueles sozinhos e escolhidos, pois encontrarão o reino. Vocês vieram dele e retornarão a ele.” 50 Jesus disse: “Se lhes disserem: ‘De onde vieram?’, digam-lhes: Viemos da luz, do lugar onde a luz surgiu por si, estabeleceu-[se] e apareceu em sua imagem’. Se lhes disserem: ‘Ela é vocês?’ digam: ‘Somos seus filhos e somos os escolhidos do pai vivo’. Se lhes perguntarem: ‘Qual é a evidência de seu pai em vocês?’ digam-lhes: ‘É movimento e repouso’.” 51 Seus seguidores disseram-lhe: “Quando o repouso para os mortos ocorrerá e quando virá o mundo novo?” Ele lhes disse: “O que vocês esperam já veio, mas vocês não o conhecem”. 52 Seus seguidores disseram-lhe: “Vinte e quatro profetas falaram em Israel, e todos falaram de você”. Ele lhes disse: “Vocês desconsideraram quem está vivo em sua presença e falaram dos mortos”. 53 Seus seguidores disseram-lhe: “A circuncisão é útil ou não?” Ele lhes disse: “Se fosse útil, os pais das crianças as teriam produzido já circuncidadas em suas mães. A verdadeira circuncisão no espírito tornou-se valiosa em todos os aspectos”. 54 Jesus disse: “Felizes os pobres, pois de vocês é o reino do céu”. 55 Jesus disse: “Quem quer que não odeie o pai e a mãe não pode ser meu seguidor, e quem quer que não odeie irmãos e irmãs e não carregue a cruz como eu carrego não será digno de mim”. 56 Jesus disse: “Quem quer que tenha chegado a conhecer o mundo descobriu uma carcaça, e quem quer que tenha descoberto uma carcaça, dessa pessoa o mundo não é digno”. 57 Jesus disse: “O reino do pai é como uma pessoa que tinha [boa] semente. Seu inimigo veio à noite e semeou ervas daninhas entre a boa semente. A pessoa não deixou arrancarem as ervas daninhas, mas lhes disse: ‘Não, ou vocês poderiam ir arrancar as ervas daninhas e com elas arrancar o trigo’. Pois no dia da colheita a erva daninha estará evidente e será arrancada e queimada.” 58 Jesus disse: “Feliz a pessoa que trabalhou muito e encontrou a vida”. 59 Jesus disse: “Olhem para aquele que vive enquanto vocês viverem, ou podem morrer e então tentar ver aquele que vive, e não conseguirão vê-lo” 60 um samaritano levando um cordeiro e indo para a Judéia. Ele disse a seus seguidores: “<…> esse homem <…> perto do cordeiro”. Disseram-lhe: “Ele pode matá-lo e comê-lo”. Ele lhes disse: “Ele não o comerá enquanto estiver vivo, mas somente depois que o matar e tiver se transformado em carcaça”. Disseram: “De outro modo ele não poderá fazê-lo. Ele lhes disse: “Também quanto a vocês, procurem para vocês um lugar para repousarem, ou podem tornar-se uma carcaça e serem comidos”. 61 Jesus disse: “Dois descansarão em um leito; um morrerá, um viverá”. Salomé disse: “Quem é você? Você subiu ao meu leito e comeu de minha mesa como se fosse de alguém. Jesus disse a ela: “Sou aquele que vem do que é inteiro. Venho dentre as coisas de meu pai”. “Sou sua seguidora”. “Por esta razão, digo: se alguém é , ficará cheio de luz, mas se alguém é dividido, ficará cheio de treva”. 62 Jesus disse: “Desvendo meus mistérios para aqueles [que são dignos] de [meus] mistérios. Não deixem que sua mão esquerda saiba o que sua direita está fazendo”. 63 Jesus disse: “Havia um homem rico que tinha muito dinheiro. Ele disse: ‘Usarei meu dinheiro para que possa semear, ceifar, plantar e encher meus armazéns com a produção, de modo que nada me falte. Estas eram as coisas que ele estava pensando em seu coração, mas nessa mesma noite ele morreu. Quem quer que tenha ouvidos deve ouvir”. 64 Jesus disse: “Um homem estava recebendo convidados. Quando tinha preparado o jantar, mandou seu criado convidar as pessoas. “O criado dirigiu-se ao primeiro e disse a este: ‘Meu senhor o convida’. “Essa pessoa disse: ‘Alguns comerciantes me devem dinheiro; eles vão estar comigo esta noite Devo ir e lhes dar ordens. Por favor, desculpe-me pelo jantar’”. “0 criado dirigiu-se a outro e disse a este: ‘Meu senhor o convidou’. “Essa pessoa disse ao criado: ‘Comprei uma casa e tenho de me afastar por um dia. Não terei tempo’. “O criado dirigiu-se a outro e disse a este: ‘Meu senhor o convida’. “Essa pessoa disse ao criado: ‘Meu amigo vai casar-se e devo cuidar do banquete. Não poderei ir. Por favor, desculpe-me pelo jantar. “O criado dirigiu-se a outro e disse a este: ‘Meu senhor o convida’. “Esta pessoa disse ao criado: ‘Comprei uma propriedade e estou indo receber o aluguel. Não poderei ir. Por favor, apresente minhas desculpas’. “O criado retornou e disse a seu senhor: ‘As pessoas que o senhor convidou para o jantar pediram que fossem desculpadas’. “O senhor disse a seu criado: ‘Sala às ruas e traga para jantar quem quer que você encontre’. “Compradores e comerciantes não [irão] entrar nos lugares de meu pai”. 65 Disse ele: “Um […] homem possuía um vinhedo e o alugou a alguns agricultores, de modo que cuidassem dele e ele pudesse arrecadar deles a produção do vinhedo. Enviou seu criado para que os agricultores pudessem dar ao criado a produção do vinhedo. Prenderam, espancaram e quase mataram seu criado, e o criado retornou e fez o relato a seu senhor. Seu senhor disse: ‘Talvez ele não os conhecesse’. Ele enviou outro criado, e os agricultores espancaram também este. Então o senhor enviou seu filho e disse: ‘Talvez mostrem algum respeito por meu filho’. Assim que os agricultores ficaram sabendo que se tratava do herdeiro do vinhedo, prenderam-no e mataram-no. Quem quer que tenha ouvidos deve ouvir”. 66 Jesus disse: “Mostrem-me a pedra que os construtores rejeitaram: esta é a pedra angular”. 67 Jesus disse: “Quem conhece tudo, mas está desprovido em si, está absolutamente desprovido”. 68 Jesus disse: “Felizes são vocês quando são odiados e perseguidos; e nenhum lugar se encontrará, onde quer que tenham sido perseguidos”. 69 Jesus disse: “Felizes aqueles que foram perseguidos em seus corações: eles são aqueles que verdadeiramente chegaram a conhecer o pai. Felizes aqueles que são famintos, que o estômago da pessoa em privação possa ser satisfeito”. 70 Jesus disse: “Se vocês expuserem o que está dentro de vocês, o que têm os salvará. Se não têm isto dentro de vocês, o que não têm dentro de vocês [irá] matá-los”. 71 Jesus disse: “Destruirei [esta] casa, e ninguém será capaz de construi-la […]”. 72 “Uma [pessoa disse] a ele: “Diga a meus irmãos para dividirem as posses de meu pai comigo”. Ele disse à pessoa: “Quem me fez um divisor?” Ele se voltou para seus discípulos e lhes disse: “Não sou um divisor, sou?” 73 Jesus disse: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Então peçam ao senhor para enviar trabalhadores para a colheita”. 74 Ele disse: “Senhor, há muitos em torno da vasilha de beber, mas nada há no poço”. 75 Jesus disse: “Há muitos que permanecem à porta, mas aqueles que estão sós entrarão no cômodo nupcial”. 76 Jesus disse: “O reino do pai é como um comerciante que tinha um fornecimento de mercadoria e então encontrou uma pérola. Esse comerciante foi prudente; vendeu a mercadoria e comprou para ele a pérola. Assim, também quanto a vocês, procurem seu tesouro que é inexaurível, que é perdurável, onde nenhuma traça vem devorar e nenhum verme destrói”. 77 Jesus disse: “Sou a luz que está sobre todas as coisas. Sou tudo: de mim saiu tudo e a mim tudo chegou. Dividam um pedaço de madeira; ai estou. Ergam a pedra, e ai me encontrarão”. 78 Jesus disse: “Por que vocês saíram para o campo? Para ver um junco agitado pelo vento? E para ver uma pessoa vestida com roupas leves, [como seus] governantes e seus poderosos? Estão vestidos com roupas leves e não podem compreender a verdade”. 79 Uma mulher da multidão disse-lhe: “Felizes o ventre que o carregou e os seios que o alimentaram”. Ele disse a [ela]: “Felizes aqueles que ouviram a palavra do pai e verdadeiramente a guardaram. Pois haverá dias em que vocês dirão: ‘Felizes o ventre que não concebeu e os seios que não deram leite'”. 80 Jesus disse: “Quem quer que conheça o mundo descobriu o corpo, e quem quer que tenha descoberto o corpo, desta pessoa o mundo não é digno”. 81 Jesus disse: “Que alguém que se tornou rico governe e que quem tem poder renuncie [a ele]”. 82 Jesus disse: “Quem quer que esteja perto de mim está perto do fogo e quem quer que esteja longe de mim está longe do reino”. 83 Jesus disse: “As imagens são visíveis para as pessoas, mas a luz dentro delas está oculta na imagem da luz do pai. Ele será desvendado, mas sua imagem está oculta por sua luz”. 84 Jesus disse: “Quando vocês vêem sua semelhança, vocês ficam felizes. Mas quando vocês vêem suas imagens que surgiram antes de vocês, e que nem morrem nem se tornam visíveis, quanto irão suportar!” 85 Jesus disse: “Adão proveio de grande poder e grande riqueza, mas não foi digno de vocês Pois se tivesse sido digno, [ele] não [teria provado] a morte”. 86 Jesus disse: “[As raposas têm] suas tocas e os pássaros têm seus ninhos, mas o filho da humanidade não tem lugar para pôr sua cabeça e repousar”. 87 Jesus disse: “Como é deplorável o corpo que depende de um corpo, e como é deplorável a alma que depende desses dois”. 88 Jesus disse: “Os mensageiros e os profetas se dirigirão a vocês e lhes darão o que é de vocês. Vocês, por sua vez, darão a eles o que têm e dirão a si mesmos: ‘Quando eles virão e pegarão o que é deles?'” 89 Jesus disse: “Por que lavam o lado de fora da traça? Vocês não compreendem que aquele que fez o lado de dentro é também quem fez o lado de fora?”‘ 90 Jesus disse: Venham a mim, pois meu jugo é fácil e meu domínio suave, e encontrarão repouso para vocês”. 91 Eles lhe disseram: “Diga-nos quem você é para que possamos acreditar em você”. Ele lhes disse: “Vocês examinam a face do céu e da terra, mas vocês não conhecem quem está em sua presença e não sabem como examinar este momento”. 92 Jesus disse: “Procurem e encontrarão. No passado, entretanto, não lhes falei sobre as coisas a respeito das quais me indagavam. Agora estou disposto a dizê-las, mas vocês não as estão procurando. 93 “Não dêem o que é sagrado aos cães, ou eles podem jogá-lo no monte de esterco. Não joguem pérolas [aos] porcos, ou eles podem… […]”. 94 Jesus [disse]: “Quem procura, encontrará; para [quem bate] ser-lhe-á aberta”. 95 [Jesus disse]: “Se vocês têm dinheiro, não o emprestem a juros. Ao contrário, dêem[-no] a alguém de quem não o receberão de volta”. 96 Jesus [disse]: “O reino do pai é como [uma] mulher. Ela pegou um pouco de fermento, [escondeu]-o na massa e fez pães grandes. Quem quer que tenha ouvidos deve ouvir”. 97 Jesus disse: “O reino [do pai] é como uma mulher que estava carregando um [jarro] cheio de farinha. Enquanto caminhava por [uma] longa estrada, a asa do jarro quebrou e a farinha se espalhou por trás dela [ao longo do] caminho. Ela não percebeu isto; não observou qualquer problema. Quando chegou à casa, pôs o jarro no chão e descobriu que estava vazio”. 98 Jesus disse: “O reino do pai é como uma pessoa que queria matar alguém poderoso. Em casa, tirou a espada e a enfiou na parede para ver se sua mão acompanharia. Depois matou o poderoso” 99 Os seguidores disseram-lhe: “Seus irmãos e sua mãe estão lá fora”. Ele lhes disse: “Aqueles aqui que fazem a vontade de meu pai são meus irmãos e minha mãe São aqueles que entrarão no reino de meu pai”. 100 Mostraram a Jesus uma moeda de ouro e lhe disseram: “Os homens de César exigem impostos de nós”. Ele lhes disse: “Dêem a César as coisas que são de César, dêem a Deus as coisas que são de Deus, e me dêem o que é meu. 101 “Quem quer que não odeie [o pai] e a mãe como eu não pode ser um [seguidor] meu, e quem quer que [não] ame [o pai e] a mãe como eu não pode ser um [seguidor] meu. Pois minha mãe […], mas minha verdadeira [mãe] me deu a vida”. 108 Jesus disse: “Malditos os fariseus, pois são como um cão que dorme na manjedoura do gado, pois nem come nem [deixa] o gado comer”. 103 Jesus disse: “Feliz a pessoa que sabe onde os ladrões vão entrar, de modo que [ela] pode levantar-se, reunir suas posses e armar-se antes que entrem”. 104 Disseram a Jesus: “Venha, rezemos hoje e jejuemos”. Jesus disse: “Que pecado cometi ou como fui destruído? Quando o noivo sair do quarto nupcial, que as pessoas jejuem e rezem”. 105 Jesus disse: “Quem quer que conheça o pai e a mãe será chamado filho de uma prostituta”. 106 Jesus disse: “Quando de dois fizerem um, vocês se tornarão filhos do homem, e quando vocês disserem: ‘Montanha, mova-se’, ela se moverá”. 107 Jesus disse: “O reino é como um pastor que tinha cem ovelhas. Uma delas, a maior, extraviou-se. Ele deixou as noventa e nove e procurou aquela até que a encontrou. Depois de ter passado por esse contratempo, ele disse à ovelha: ‘Amo-a mais que às noventa e nove'”. 108 Jesus disse: “Quem beber de minha boca se tornará como eu; eu próprio me tornarei essa pessoa, e as coisas ocultas serão reveladas para essa pessoa”. 109 Jesus disse: “O reino é como uma pessoa que tinha um tesouro escondido no campo mas não sabia. E [quando] ela morreu, deixou-o para seu [filho]. 0 filho não sabia (do tesouro). Assumiu o campo e o vendeu. O comprador arava, [descobriu] o tesouro e começou a emprestar dinheiro a juro para quem desejasse”. 110 Jesus disse: “Que aquele que descobriu o mundo e se tornou rico renuncie ao mundo”. 111 Jesus disse: “Os céus e a terra se envolverão em sua presença, e quem quer que viva daquele que vive não verá a morte”. Não disse Jesus: “Quem quer que se tenha encontrado, dessa pessoa o mundo não é digno?” 112 Jesus disse: “Maldita a carne que depende da alma. Maldita a alma que depende da carne”. 113 Seus seguidores disseram-lhe: “Quando virá o reino?” “Não virá quando se espera por ele. Não se dirá: ‘Vejam, aqui está ele’ ou ‘Vejam, ali está ele’. O reino do pai está espalhado pela terra, e as pessoas não o vêem”. 114 Simão Pedro disse a eles: “Maria deveria deixar-nos, pois as mulheres não são dignas da vida”. Jesus disse: “Eu a guiarei para fazer dela homem, de modo que também ela possa tornar-se um espírito vivo semelhante a vocês homens. Pois toda mulher que se torna homem entrará no reino do céu”.