luzes-e-pressa-na-cidade-e0103

Não se preocupe com o envelhecimento, preocupe-se em crescer

Os anos passam para todos, e o envelhecimento é algo inerente à vida. Podemos focar nossa energia em amadurecer, crescer, e não apenas em evitar a velhice.

Mentiríamos se disséssemos que não nos preocupamos com o envelhecimento. É um pensamento inculcado pela sociedade, que nos provoca uma grande inquietação.

Tudo isso é fruto de uma publicidade enganosa que nos incita a nos esforçar para parecer eternamente jovens. Entretanto, na realidade, crescer é o mais importante.

Ficamos muito centrados na aparência e, enquanto isso, abandonamos nosso interior.

 Os anos e o processo de envelhecimento não deveriam nos dar tristeza, mas sim alegria.

Poder celebrar seu aniversário por mais um ano significa que você cresceu. Você se dá conta do quanto mudou? Não é a mesma pessoa de antes.

Não viva com pressa

mulher_passaro_negro_relogio

A publicidade, a televisão e toda a informação que recebemos dos meios de comunicação não são os únicos que nos oprimem com uma visão negativa do que é envelhecer. A forma como vivemos também tem muito a ver.

No entanto, isso não vem de agora. Um exemplo é que, há muitos anos, uma mulher tinha que ter filhos mais jovem, o que diminuía muito a possibilidade de desfrutar sua juventude. Também devia se casar jovem pois, com a idade, ninguém se interessaria por ela.

Ideias que ficaram no passado, mas que, de alguma forma, se transformaram.

Você tem tempo para si? O trabalho faz com que não tenhamos o tempo necessário para nos cuidar, para cultivar nosso interior, para dar um passeio na natureza ou apenas para ler um bom livro.

Desde crianças, somos levados a frequentar incontáveis aulas extra-escolares para poder aprender tudo o que é necessário para sermos competentes na vida.

 

mulher_presa_ampulheta_relogios

À medida que os anos passam, nada disso muda. Deveres que se tornam trabalho, depois projetos que se realizam fora de aula, que se traduzem em horas extras.

No fim, o tempo passa e não o desfrutamos. Os dias transcorrem sob estresse e pensamos apenas em terminar tudo ou, pelo menos, adiantar tudo para o dia seguinte.

Você realmente desfruta o presente? Já pensou nisso alguma vez?

O futuro é o nosso presente

O aqui e agora não existe, se transformou num amanhã repleto de expectativas e coisas para fazer que, às vezes, não chegam a acontecer.

Tendemos a adiar o que nos agrada para dar prioridade a nossas responsabilidades. Esgotamo-nos e mergulhamos em tarefas que, muitas vezes, não podemos realizar.

Como o seu tempo não vai passar rápido? Quando criança, você desfrutava o momento. Não pensava no amanhã, mas se centrava no agora, em aprender e crescer.

Seus cinco sentidos se concentravam no presente, desfrutando de cada sensação, de cada estímulo, surpreendendo-se constantemente.

menino_menina_arvore_passarinho

Não perca: Trabalhe para viver, não viva para trabalhar

Talvez o problema tenha sido esse. Nada mais é novo para nós, e adotamos rotinas aborrecidas que nos impedem de parar e descansar.

No entanto, isso não quer dizer que você tenha que abandonar o que gosta de fazer ou aquelas responsabilidades que não há outra saída a não ser atender.

Estamos nos referindo ao fato de que você precisa aprender a sentir, a crescer e a ver.

Não tema o envelhecimento: sinta, experimente, viva, cresça…

Não pense no passado, tampouco no futuro. Faça como quando era criança e concentre-se no agora. Se fizer isso, esquecerá que existe um amanhã e se dará inteiro para hoje mesmo.

Você não ficará abatido por muito tempo e se sentirá muito bem, notando-se produtivo em seu trabalho. Esforce-se para desfrutar de tudo e de todos, pense no que sente e respire profundamente.

Se gostar de dar uma volta ao sair do trabalho, faça isso. Se quiser se dar um capricho, faça isso também.

O hoje existe; do amanhã, nada sabemos. Você vai deixar passar a oportunidade de viver este dia ao máximo?

Esquecemo-nos de fazê-lo, a rotina é como nossa zona de conforto. Ela começa a anular nossas emoções e nossos sentimentos, e nos torna pessoas cinzentas.

 

mulher_olhos_fechados_nuvens

Isso não nos ajuda a crescer, pois não nos enriquece, mas sim o contrário. Torna-nos pessoas superficiais, continuamente descontentes e tristes.

Se você se preocupa com o envelhecimento, pare para pensar em como vive o seu dia a dia. Que o tempo passe lentamente ou depressa é uma concepção nossa. Quando estamos numa fila, passa terrivelmente devagar, quando estamos de férias, passa muito depressa.

Aprenda a apreciar tudo o que você faz, inclusive cada passo que você dá.

Porque o medo, a pressa e a despreocupação com nosso bem-estar interior fazem com que tenhamos medo do que tanto desejávamos um dia: sermos adultos, crescer…

 

https://asminhasdicas.org/9554/nao-se-preocupe-com-o-envelhecimento-preocupe-se-em-crescer-267/

menina-relaxada-tocando-instrumento-1024x785

8 jogos de relaxamento para criar crianças emocionalmente fortes

Em uma época em que usamos os tablets para acalmar as crianças, torna-se ainda mais indispensável treinar os nossos filhos em técnicas de relaxamento. Podemos fazer isso através de jogos que, ao mesmo tempo em que desenvolvem recursos para a vida das crianças, também permitem que elas se divirtam.

Assim, tendo em conta que vivemos em uma sociedade que fomenta a pressa, os estímulos rápidos e a gratificação imediata, é de suma importância que tenhamos à mão recursos que favoreçam um maior autocontrole.

Por isso, com base nessa premissa, compilamos neste artigo alguns jogos que servem como técnicas de relaxamento para as crianças da família. Vamos ver em que consistem:

1. Soprar a vela!

Este jogo consiste em aprender a respirar de maneira profunda, ou seja, tomando ar pelo nariz, inflando a barriga, e expulsando aos poucos o ar enquanto sopramos a vela com intenção de apagá-la. Assim que a criança compreende as instruções, pedimos para ela se sentar em uma cadeira a dois metros da vela, que estará acesa em cima de uma mesa.

Ela não pode se levantar nem se inclinar, por isso esperamos que ela não consiga apagar a vela. Assim, aproximamos cerca de meio metro a cadeira da mesa. Iremos aproximar a cadeira de forma progressiva até que a criança consiga apagar a vela. Assim, teremos um jogo de uns 5 minutos em que a criança irá adquirir a habilidade de respirar fundo.

mae-e-filha-numa-praia

2. O jogo do balão

A técnica do balão é um jogo maravilhoso que nos ajuda a fomentar o relaxamento através de uma respiração correta. O que vamos precisar? Apenas um espaço amplo e balões coloridos. O que devemos fazer? Encher um balão até ele explodir, depois encher outro e expulsar o ar lentamente manipulando a boca do balão.

Depois, pediremos para as crianças fecharem os olhos e imaginarem que estão se transformando em balões enquanto tomam ar. Em seguida, pediremos que elas expulsem o ar lentamente, como se fossem balões.

Depois de fazer isso, pediremos às crianças que nos contem situações nas quais se sentem como balões, situações em que elas não conseguem suportar ou tolerar algo. Então, pediremos que expliquem como resolveram isso, oferecendo alternativas se precisassem de ajuda para tomar consciência dessas situações.

criancas-em-balao

3. O jogo da semente

Com música relaxante de fundo e luz fraca, simbolizaremos o crescimento de uma árvore. Começaremos por colocar os joelhos no chão, inclinar a cabeça e estender os braços para a frente, como se fôssemos gatos se espreguiçando.

Somos uma semente que, ao som da música, vai crescendo e se transformando em uma árvore grande com belos galhos, que serão nossos braços estendidos para cima quando estivermos de pé. Este exercício é ideal para fazer com eles à noite, antes de irem para a cama.

crianca-descancando-e-aliviando-sua-emocao

4. O conto da tartaruga

O conto da tartaruga, desenvolvido por Schneider, é magnífico para fomentar habilidades de autocontrole. Trata-se da história de uma pequena tartaruga que se irritava por tudo e que perdia o controle com grande facilidade.

Um dia, depois de se sentir sozinha e isolada, ela se encontra com uma sábia tartaruga que lhe dá uma dica para se controlar quando estiver com raiva: entrar em sua carapaça, contar até se acalmar, frear seus pensamentos e relaxar.

Este conto é ideal para ser narrado a crianças entre os 3 e os 7 anos de idade. Para facilitar a implementação desta habilidade, podemos lhes dar uma etiqueta ou um pedaço de papel com uma tartaruga sempre que elas realizarem o exercício em uma situação de tensão.

5. O pote da calma

Chamamos “pote da calma” um frasco em que colocamos água, silicone líquido para dar densidade ao conteúdo e, por exemplo, purpurina. Podemos fabricá-lo com as crianças como um trabalho manual, e é ideal para que elas o contemplem tanto em momentos de tensão, como em momentos que podemos chamar de “zen“.

A criança agita o pote e observa o movimento, depois disso explicaremos que a purpurina é como suas emoções, que se agitam e agitam até se tranquilizarem. É ideal para fomentar a reflexão.
Compartilhar

O simples ato de observar a purpurina se movendo lentamente lhes ajudará a se concentrar e a relaxar sua mente após momentos de grande ativação. Deixamos um vídeo que explica como fazer esse pote e como pode ser usado. Não se esqueça de fechar o pote com cola extraforte para impedir que ele se abra e derrame todo o conteúdo!

6. O jogo do soprador de bola gigante

Mais um recurso para se divertir e aprender a respirar fundo é o jogo do soprador. Consiste em que a criança mantenha a bola no ar por mais tempo possível. Divertido, não é? Este jogo é adorado pelas crianças e é muito funcional para favorecer o relaxamento.

soprador-de-bola

7. Amassar papéis, apertar bolas, rabiscar

Rabiscar, amassar papéis ou apertar bolas macias como bolas antiestresse é outro jogo maravilhoso para ajudar as crianças a canalizar suas emoções negativas. Além disso, ao mesmo tempo favorecemos o desenvolvimento das habilidades motoras finas, já que lhes ajudamos a fortalecer os músculos das mãos.

8. Pintar mandalas

Pintar mandalas favorece não só o relaxamento e a reflexão, mas também a capacidade de concentração e a habilidade criativa. Em livrarias e na internet encontramos inúmeras alternativas adequadas para as crianças que elas irão adorar.

mandalas-infantis

Essa é a compilação de hoje, esperamos que estes jogos e recursos sejam de grande utilidade na criação de seus filhos. Não se esqueça de que é mais fácil criar crianças fortes do que consertar adultos destroçados, e que a nossa maior responsabilidade é o fato de a natureza nos confiar a criação das crianças.

 

https://amenteemaravilhosa.com.br/8-jogos-relaxamento-criancas/