1510461_1479696422246571_1224337268_n

OS SIRIANOS

Aqueles que têm como Sirius sua origem planetária são muito focados, muito determinados e definidos em qualquer caminho que eles estão em um determinado momento.
É muito difícil mudar a mente de um de Siriano, mas depois de terem se convencido de que um “caminho novo” é mais adequada, tornam-se totalmente focado no novo, e liberar o velho rapidamente.
Sirianos têm fortes convicções, ideais e integridade pessoal.
Os de Sirius fazem amigos de confiança, mas esperam o mesmo em troca.
Tornam-se magoados e desiludidos quando essas expectativas não são atendidas.
Sirianos não compartilham o eu interior pessoal com outras pessoas facilmente, e pode ter dificuldade de compartilhar emoções e sentimentos que expressam suas necessidades.
Para ser aceite na íntegra e confiável como um amigo pessoal de um Siriano significa que você foram cuidadosamente examinado.
Sirianos podem ter dificuldade em relacionamentos e amizades quando eles esperam ser tratados de uma certa maneira, mas não compartilham suas expectativas com os outros envolvidos. É importante trabalhar com as expectativas de partilha, ideais, necessidades e desejos de comunicação para evitar ser magoado e desiludido.
Isso muitas vezes ocorre como resultado da falta de comunicação ou falta de entendimento mútuo e clareza nas relações.
Aqueles de Sirius tendem a ser orientada para o futuro, e não gostam de se concentrar no passado. Eles podem ficar na defensiva, se forçados a se concentrar no passado por outros.
Isto é devido ao facto de que a dor do  passado e emoção é mantida dentro de si e negada e reprimida em vez de serem tratadas  no momento da ocorrência.
Devido a isto podem haver grandes quantidades de emoções a serem tratadas e libertas.
Sirianos não gostam de  confrontos abertos ou expressões de raiva, mas se forçado vai se defender e as suas crenças ferozmente.
Isto é particularmente verdadeiro se a honra de si mesmos ou entes queridos está envolvido. Uma das lições Sirianos muitos optaram por trabalhar nessa vida é a importância de liberar velha dor, auto-indulgente e outros, e seguir em frente.
Sirianos têm um sentido muito especial e forte de humor, que muitas vezes é visto apenas quando eles estão com todos aqueles que confiam e se sentem à vontade com ele.
Sirianos são sonhadores. Isto é devido á sua vida vibrante interior. Isto pode causar esquecimento e uma tendência a não perceber as coisas triviais da 3D presente.
Eles podem, por vezes, parecerem estar desinteressados, ou desatentos, mas na realidade eles estão simplesmente em outro lugar.
Eles podem não perceber que os outros não percebem sua atividade interna.
Embora eles pareçam  calmos, tranquilos e reservados na superfície, há muito mais atividade dentro.
Quando crianças, Sirianos podem parecer terem distúrbios de aprendizagem . Isto é devido à atração do mundo interior, que muitas vezes é mais interessante do que aquilo que é ensinado nas escolas da Terra. Eles fazem o melhor em aprender quando os métodos visuais e táteis de ensino são usados.Aqueles de Sirius tem uma conexão profunda com a Terra e as energias da natureza.

Sirianos tiveram numerosas vidas como os índios americanos e mantem laços estreitos e lembranças dessas vidas.
Eles são muito visuais, tanto em sua capacidade de ver coisas que outros não têm, como no seu modo de aprendizagem.
1959248_1479709372245276_1442518751_n                        1959820_1479712985578248_78786897_n
Os nossos irmãos os Sirianos estão muito presentes na vida da Terra. E são humanos como nós.
Esta raça de seres  colaboraram com a criação da espécie humana…e temos em nosso DNA o código deles impresso.
É o elo perdido. É a quebra do paradigma que os humanos vieram do macaco ( se é que posso explicar a teoria da evolução de forma tão simplista)
Nós todos descobriremos nossas  VERDADEIRAS ORIGENS e enfim saberemos que somos herdeiros de raças extraterrestres benevolentes.
Por isso somos de fora da Terra também.
Os avatares também não são daqui. Todos vieram de fora e estiveram aqui com um propósito.
O planeta Terra fazia parte  da Federação. Existem histórias diferentes que diferem de fonte para fonte a respeito do quê aconteceu e fez com que os humanos, ou partissem ou fossem deixados para fora da Federação, após uma espécie de “desastre de manipulação genética”.
Sabemos que está encarnado hoje apenas um homem chamado Sheldn Nidle, americano e principal contato dos Seres Sirianos desde criança.
Agora que a Terra está em processo de ascensão, parece que todos estão presentes e curiosos.
Alguns participam e ajudam como no caso dos Sirianos, outros apenas observam.Os Sirianos trabalham desde o plano da 3ª a 6ª dimensão de consciência, representado por mais de 20 grupos distintos provenientes da constelação do Cão Menor, onde está localizado Sírius.

Existem algumas raças que vivem em nosso planeta que tem uma forma muito humanóide, e fisicamente sólidas embarcações em que viajam.

Eles não viajam o universo como você na Terra compreende, pois eles viajam no tempo de um lugar para outro por condução do pensamento.

São mestres da telepatia e comunicam-se conosco, desta forma.

 

Os Sirianos também ajudaram geneticamente a co-criar as formas de golfinhos e baleias, e esta é uma razão pela qual muitos espíritos Sirianos são tão atraídos aos que estão encarnados na Terra como Cetáceos.

Eles amam tornarem-se alegremente e verificarem suas co-criações.

10007434_1479709505578596_1512877970_n
Também fazem a sua participação de “Bloqueio Orbital do Sistema Solar”, frente aos grupos opositores do atual processo de julgamento e análise das questões cármicas extra planetárias, que está sendo instaurado pelo Conselho Cármico, junto com outros conselhos externos de Orvotón, onde Shtareer  preside um inquérito sobre a responsabilidade das outras formas de vida na Terra e nos “planetas polarizados” de forma extrema. Enfim, os planetas que vivem ainda na DUALIDADE.
 
“Ministro do Ambiente proibiu que os golfinhos fossem mantidos em cativeiro e usados em qualquer espectáculo no país
O ministro do Ambiente da Índia declarou que os golfinhos devem ser vistos como “pessoas não-humanas” e proibiu que estes sejam mantidos em cativeiro ou usados em espectáculos de entretenimento.

O político justificou a decisão com o facto de as investigações científicas mostrarem que os golfinhos possuem um nível de inteligência superior à de outros animais.

“Muitos cientistas que pesquisaram o comportamento dos golfinhos acreditam que eles possuem um nível de inteligência invulgarmente alto”, afirmou o ministro.

Para o responsável pela pasta do Ambiente na Índia, “comparativamente aos restantes animais, os golfinhos deviam ser vistos como ‘pessoas não-humanas’ e, como tal, ter os seus próprios direitos, por isso é moralmente inaceitável mantê-los em cativeiro com objetivos de entretenimento”.

 

A hierarquia de Sírius está apoiando um programa que deve comprovar a existência de extraterrestres para a população da Terra por manifestações maciças de vôo por naves espaciais na atmosfera da Terra seguido de um desembarque em massa.
Este grupo possui grandes naves para a operação resgate, tanto para as acomodações das pessoas físicas que serão colocadas a bordo, como para aquelas no plano astral.

A Hierarquia Sírius consiste de uma federação multidimensional de diversas civilizações dentro do sistema de Sírius.

A história do passado da Terra é tão especial que outras civilizações galácticas além dos Sirianos, têm influência sobre as questões da Terra.

1

 

Fontes: Blogs “A Grande Fraternidade Branca”, “Os Sirianos”, “Projeto Despertar” , Pleidianos na Terra, Paula de Paula Costa e Michele LB

 

PenaBranca

MENSAGEM DE MESTRE CACIQUE PENA BRANCA / A Metaciência

MENSAGEM ESPECIAL DE MESTRE “CACIQUE PENA BRANCA”, DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA UNIVERSAL, A PEDIDO DE MESTRA NADA, PARA ESCLARECIMENTOS DE SUA COMPETÊNCIA NA INTERAÇÃO ESPIRITUAL COM O PROJETO “ A VOZ DO RAIO RUBI” (Mestre Cacique Pena Branca falou por 1 hora e 49 minutos)

Observação 1: Este grande ser expressou-se o tempo todo da sua mensagem com uma linguagem compatível com todos os temas atuais e de seriedade inquestionável, nos quais todos nós, espiritualistas e esotéricos, temos nos debruçado, mas com o genuíno sotaque indígena ou de velho pajé ancestral da Terra, com o despojamento natural de padrões gramaticais, próprio da palavra falada. Por isso mesmo, optamos por editar as exatas palavras que verbalizou, sem uma adequação de escrita formal, o que seria uma ingerência à naturalidade com que tão iluminado mestre se pronunciou.

Observação 2: Esta canalização foi programada por Mestra Nada para esclarecer uma interface de ordem pragmática importante para a compreensão da segunda parte de sua mensagem “O falo de Osíris – resgatando o sagrado masculino”, que será publicada somente após a veiculação do tema desta mensagem do Mestre Pena Branca, com o intuito de que se façam, posteriormente, as correlações que considera pertinentes à sua causa de desmistificação de “verdades”, propósito final de “A Voz do Raio Rubi”, rumo ao advento do restabelecimento da “Ciência Integral” nas pastas de estudos esotéricos do terceiro milênio, onde as questões de ordem espiritual serão compreendidas como leis divinas impalpáveis, mas absolutamente naturais e profundamente influenciadoras de todos os aspectos e mecanismos da vida humana.

“Estão sentindo muitos apertos no coração. Faz parte do momento cósmico. Faz parte do que está havendo na Terra. Chakra cardíaco está em ação de forma muito intensa. Mestra Nada ainda fala hoje, também, mais tarde, se for possível, se estiverem todos em sintonia! Todos! Mas é que nós pedimos espaço a esta grande Mestra para podermos falar ao mundo, este que se chama Pena Branca, e que faz conexão desta grande Fraternidade Branca, com todos aqueles que estão de nossa própria grande Fraternidade em carne e osso “cá” nesta Terra fazendo seu trabalho de acoplamento de nossos vórtices de ação. Vórtices que estão sendo captadores da energia que nós trazemos e especialmente do planeta Vênus, aquele que uma vez chamou-se Ishtar. E também lá há um continente que se chamava Ishtar. É por isso que esta filha, um dia, fundou esta “Fraternidade da Estrela Ishtar”. Pois este continente, ele está agora com outras topografias, neste planeta Vênus, como a mesma coisa que vai haver em Terra daqui uns tempos.

Mesmo que lá hoje se pode filmar e não ver topografia nenhuma porque já estamos em outra dimensão onde “vida inteligente” é apenas no plano espiritual.
Toda humanidade já sabe, aqueles que sintonizam com conhecimentos esotéricos de complexidade de que nós estamos neste planeta em uma escalada ascensional e se dirigindo para patamares equivalentes às frequencias vibratórias eletromagnéticas do planeta Vênus. E é por isso que Sanat Kumara fundou Shamballa, há uns milhares de anos atrás, para que nós pudéssemos aqui ter o nosso castelo particular de reuniões em nossas viagens intergalácticas, porque nem sempre estamos “cá” na estratosfera astral terrena. Nós saímos de casa e vamos fazer acordos de pertinências de assuntos que não vos competem agora saber, mas são pertinências e correlações que temos com todos os governantes de todas as galáxias e planos afins à vibração deste orbe.

Muitas vezes estamos em viagens para recolhermos estes mananciais eletromagnéticos das Plêiades, Andrômeda, de Órion e todas as outras constelações. E nem sempre “Cacique Pena Branca” está nesta roupagem de partícipe da Grande Fraternidade Branca Universal, porque eis que vós conheceis este Pena Branca nas lides umbandistas também. Mas este que vos fala não é caboclo de umbanda, embora, também, haja toda uma hierarquia que trabalha para este nome que me veste, e nas energias xamânica e umbandista. Tenho ao meu dispor, muita vezes, caboclos Pena Branca que trabalham na Umbanda. Mas este que vos fala já envergou outros títulos neste planeta.

E, como Mestra Nada está neste mister solene, sagrado e profundo, complexo e imprescindível, totalmente necessário neste momento cósmico onde a virada do eixo equilibrador se faz onde também existe esta transição tão importante a acontecer na vida dos seres humanos, nos seus próprios veículos carnais, no seu DNA, na sua completa estrutura orgânica e mental e espiritual, ela cedeu vez a Pena Branca para falar ao mundo. O importante é que Mestra Nada nos cede hoje este lugar, este espaço, para que nós deixamos esta palavra aos terrícolas de que não somente os vislumbres sobre aquilo que está por vir no futuro dos seres humanos é que deve ser conjecturado pelas mentes de vós.

Nós estamos muito mais preocupados, no momento, toda a Grande Fraternidade Branca Universal, todo este grande governo do planeta Terra, com a própria Terra, com os próprios acontecimentos deste plano onde existem ainda muitas coisas a serem feitas, muitos gemidos no interior deste planeta, no plano, na dimensão espiritual, muitos fatores negativos contribuindo, ainda, para que se não desperte a humanidade. Existe muita preocupação dos homens com todos aqueles que vão sair, para onde vão, o que vão fazer, onde vão morar, de onde vieram, e muito pouco têm-se feito pela própria Terra, principalmente aqueles que imaginam que ela irá se acabar.

Existe muito erro, ainda, de médium, de intermediação mediúnica, de muitos canais, quando afirmam que somente existirão catástrofes que assolarão toda a humanidade, que tudo será pó. Não é bem assim! Tanto é que aqui nós estamos preparando a nova Terra. Se fosse assim, porque iríamos fazer tantos convites, apelos urgentes como tem sido feito, não somente por Mestra Nada, mas por todos os outros para que a humanidade desperte para o amor, para a solidariedade para sua reforma interior, para movimentos humanos humanitários e ecológicos, que se preocupem com o futuro das crianças, isto porque nós estamos preocupados com o futuro do planeta, porque este planeta não vai se acabar. Ele vai existir! E para ele existir da forma como tem que existir é preciso cuidar do planeta. Muita coisa bonita existe nestas máquinas (NE: refere-se ao computador). Especialmente mostrando os reinos superiores e suas luzes.

O mundo inteiro, nesta globalização, conhece a dimensão divina… através destas imagens… um modo de tocar o coração… Mas isto já está sendo uma coisa que às vezes ofusca a mente sobre a outra realidade… a realidade da Terra. A realidade do mundo, do que está acontecendo realmente com a natureza, com os animais, com os seres humanos, com as crianças, com a alimentação que vós “ingeres”. E Pena Branca precisa falar sobre como vamos poder ajudar mais, com os fundamentos do nosso antiquíssimo arsenal de recursos, conhecidos por vós como “magia”, mas outra coisa não é que uma “Metaciência”.

Metaciência é o nome do que nós vamos fazer fundar na Terra. É uma ciência transcendente onde existirão meios que comprovem a realidade dos eventos da natureza no nível extrafísico, porque por ora o que os homens aprendem é só aquilo que é comprovado nos laboratórios. Mas na Metaciência nós iremos trazer palavras científicas assim como as de hoje, mas com referência na dimensão extrafísica, nas suas leis. Inclusive nós vamos ainda ter a presença do espírito de Einstein falando de fórmulas, não daquelas maneiras como fazia antes, mas falando agora de como ele percebe o movimento da química e da física transcendental naquelas leis que ele deixou para os seres humanos, inclusive fundamentando os próprios rituais de liturgias etéreo-físicas e de liturgias astrovegetomagnéticas, dos quais a umbanda se serve.

São seus próprios fundamentos a verdadeira ciência. A ciência antiquíssima que veio, inclusive de outros planetas, e fundou-se na Atlântida como a “AUMBANDHAN” ou OMBANDAHUM (pronuncia-se “RUM”), mas só no começo deste século foi revivificada no Brasil, com a primeira incorporação do caboclo das “Sete Encruzilhadas”. Agora tem o nome de Umbanda, mas está se desvirtuando na sua falta de capricho e de estudos de seus segmentos que realizam trabalhos de magia, de feitiços… muita coisa se perdendo na sua essência por ignorância de muitos…Outros tratando o assunto como se fosse uma seita primitiva, mas primitiva no sentido de primária, sem fundamentos. Como se fora coisa de ignorantes, como se fora coisas que têm que ser abandonadas. E nós, que estamos a ver do nosso plano aqui da Confederação Intergaláctica, este movimento, este movimento contrário à expansão das correntes de “liturgia telúrica” que acionam a “liturgia etéreofísica” e que é urdido pelas legiões mais antigas do que muitos de vós, estamos preocupados e pretendemos trazer algumas informações aos “filhos”.

Estas legiões fazem com que não se queira e que nem se pretenda usar esta ciência, esta “Metaciência” que é o que é o nome verdadeiro de tudo que fazem lá naquele lugar que chamam de terreiro. Muitos não querem nem saber deste nome e muitos não vão entender como se pode falar de Pajé e de Pena Branca e de Metaciência e de Umbanda e de feitiço e de magia (que é a própria liturgia etéreofísica), em um canal de mensagens de Mestra Nada.

Mas é a isto que ela se propôs quando trouxe Ramatis, que também está “cá” hoje presente nos “co-regendo” telepaticamente porque ela tem, na sua pauta de seu movimento, módulos a serem explanados por nós nestas reuniões de vós, deste grupo de trabalho deste movimento que se chama a Voz do Raio Rubi. É que o “Jardim de Ísis” que ela projetou como o auge de suas tarefas no Brasil e na Terra, nesta transição do planeta, já iniciou o seu trajeto. O “Jardim de Ísis”, que é toda a conjunção de todas as ciências, todos os modos de saber, de ver, de pensar os moldes vários das filosofias e das correntes espiritualistas todas, de todos os tempos, com fundamentos verdadeiros.

A visão atual que se pretende, nós da grande corrente invisível do governo da Terra é a de restaurar os fragmentos da “Verdade Integral”. Muita integração dos assuntos para se restaurar a Unidade do Conhecimento. E esta unidade, nós todos sabemos que todos terão que saber, que vão respeitar a multiplicidade também dos segmentos e das idéias, mas respeitando a correlação que existe como um todo. É isto que não se faz. É como se cada um estivesse estudando o próprio corpo humano e achando que tudo o que é mais importante é restabelecer o funcionamento de um dos órgãos. Cada um acha que o seu modo de ver é o certo, é o real, o verdadeiro. É como se o médico fosse então fazer da vida apenas o cérebro, o coração ou o estômago. Este grande corpo estrutural da “Verdade” só é a “Verdade” se estiver funcionando como uma engrenagem cósmica perfeita, que interage em todos os âmbitos.

Mas, como este Cacique Pena Branca dizia… que muitos tem sentido problemas cardíacos, isto porque estão em complexa ressonância e sintonia e sincronia com as energias telúricas deste planeta que geme, e deste planeta que faz o apelo de que sejam trazidas para o exterior muitos do seres que estão aprisionados. É por isso que naquela mensagem, em capítulo anterior, através da Mestra Nada mesma, com a participação de Helena Petrovna Blavatsky, dizendo que fora e foi necessário avisar à toda população terrena de que é preciso também se compenetrar mais da importância do elemento da polaridade do sagrado masculino juntamente com o sagrado feminino, que é Terra, dizia também que é preciso que haja, neste momento, uma unidade de trabalho, uma unidade de abordagem lúdica para se corroborarem as intenções de revitalização da psicosfera da Terra. Urge fazer-se no planeta celebrações! Celebrações místicas, celebrações xamânicas e magísticas, em vários pontos deste mundo.

Este grupo (refere-se à equipe de “A Voz do Raio Rubi”) é um dos convocados para fazerem este trabalho que não é somente pela Terra… Mas é em um local que é também um chakra desta Terra e está localizado nas terras do moço que está “cá” (refere-se a um sítio na cidade de Londrina, Paraná- Brasil onde desenvolve-se um projeto espiritual de interação planetária com o Comando Ashtar). “O filho” sabe disto e é preciso que hoje saiba que está “cá” porque está “acima”, “em cima” e totalmente “dentro” de um complexo chakra planetário. Um chakra cardíaco desta cidade chamada Londrina, e é muito querida, esta cidade, pelo mundo espiritual. Este chakra é um chakra que chora, é por isso que muito seres ali choram, e é por isto que muitos de vós sentem este chakra cardíaco dando seus sinais de que estão em desalinho, que são sintomas que sentem.

Muitas vezes quando sentis assim uma irritação, uma necessidade de esbravejar, uma confusão mental que gera desentendimento, ou quando sentis assim dores e má digestão, ou aperto ou opressão afora os de causa de desordens físicas constatadas essas sensações são sensações metafísicas, são sensações da saúde astral, da saúde etérica, da saúde de interação do próprio indivíduo ligado a este complexo núcleo de forças planetárias.

E é também complexa a teia de seres que habitam este planeta e que têm também os seus corações etéricos. E a própria Terra, sendo um ser vivo, também tem um coração etérico que ainda não foi visualizado. Este coração interno deste orbe repercute em muitos dos corações, principalmente daqueles eleitos seres que vieram para cá desde remotas eras nos continentes de Lemúria e Atlântida e até anteriormente, como seres primevo pequenos mônadas celestiais que chegaram na Terra. Muitas dessas mônadas que foram trazidas para chegarem e habitarem as águas do planeta, quando o fluido vital foi incorporado a elas, então, tornaram-se, nos milênios posteriores, a habitação do espírito, o corpo de um ser vivo, seja do reino mineral, vegetal, animal ou hominal.

O movimento do espírito através da própria vida, que é o que o fluido vital propicia na matéria “Fluido vital” é dispensação diferenciada do fluido cósmico universal, para trazer “vida pulsante”. Vieram inteligências de fora, de outro planeta e elas funcionaram como alavancas para que o fluido vital fosse movimentado, movimentando, então, a esfera física ou biofísica do planeta. A criação divina, através daquelas mônadas, que depois se transformaram em vários outros “animaizitos”, começando pela ameba, o peixe e assim foi toda a história que todos os “filhos” conhecem.

Então, muitas inteligências vieram se transformar também em animais. Como são hoje os golfinhos. Sabem muito bem “vocês” quem são os seres que estão nestes golfinhos e que estão trabalhando na natureza para que tudo se harmonize nas eras, nestas eras milenares, mas que representam para estes seres “coisa pequena”, “coisa pouca” apenas uma experiência a mais para os seus espíritos. Da mesma forma que os golfinhos, ainda existem outros animais que são seres de outros planos. Aqueles que são mais estudiosos das origens espirituais dos seres humanos já sabem disto. Para os que nunca pensaram nisto vai ser um alarde. Mas isto não importa mais. É preciso que tenham o “conhecimento integral” na face da Terra.

E é isto que tem já acontecido através de muitas eras trazendo conhecimentos reencarnacionistas através de muitos emissários, muitos mensageiros divinos, até mesmo no antigo Egito, através também de Krishna, através de Buda, através de Cristo, dos Druídas, dos Maias, dos Astecas, dos mestres do Himalaia, de muitos, muitos seres que trouxeram conhecimentos espirituais E agora, recentemente, por compilações de Kardec, e ele próprio expandindo todas as explicações dadas pelos espíritos sobre os funcionamentos da reencarnações e dos corpos dos aparelhos mediúnicos. Tudo caminhando. Agora, também contamos com o trabalho da Umbanda, fazendo o seu trabalho de integração com as energias telúricas e as energias transcendentes da matéria. São energias “transcendentes” da matéria as que a umbanda usa, e é preciso que este “Cacique Pena Branca” tenha esta palavra de hoje para dar aos filhos da Terra sobre este assunto.
Para todos aqueles que participam destas idéias, esses seres que são seguidores dos ensinamentos dos Mestres da Grande Fraternidade Branca Universal, inclusive das Lojas Rosa Crucianas, das Lojas da “Gnose” e das de“Eubiose” e das Lojas “Maçonicas”, e muitos outros grupos iniciáticos que fazem todo um estudo do conhecimento teórico das coisas da Terra, das coisas do Universo, das Galáxias, dos Símbolos principalmente dos Símbolos e de toda a magia cerimonial que os símbolos propiciam sobre toda a os elementos da natureza e da matéria. Mas, falta, ainda, todos se debruçarem sobre o conhecimento da aplicação de todos estes símbolos, toda esta magia da natureza, toda esta integração da Terra com os planos espirituais divinos e com todos os fluidos de redes elétricas, redes magnéticas e toda esta complexa estrutura da Terra e estrutura orgânica dos seres e estrutura espiritual daqueles que estão desencarnados, para que, realmente, haja o “conhecimento integral”.

Nós estamos debruçados sobre a “Ciência Integral”, e estamos debruçados sobre a unidade do saber, a unidade do conhecimento, e estamos debruçados sobre esta Metaciência, que é o que nós estamos a explanar, introduzindo um olhar unificador sobre os retalhos de verdade estudados por cada segmento religioso, filosófico ou iniciático-esotérico.

Sobre este Chakra Cardíaco, sobre este ponto que este irmão que está a cuidar de um dos chakras desta terra cá… É preciso que venham depois complementações a respeito daquilo que nós precisamos fazer naquele ponto, naquele local, antes mesmo que se atinja o clímax desta era do Portal 999 que culminará com a “plenificação” do portal em 12 de 12 de 2009, com o acoplamernto do “coração espiritual” no “coração do mundo” que é o Brasil. O portal 999 se abre para estas redes, estes torvelinhos ascencionais que fazem o trabalho de adequar o patamar vibratório da Terra.

É o portal de “ascensão vibratória” do chackra cardíaco dos seres humanos que trafegam para os planos superiores na própria Terra ou para além da Terra, quando desencarnarem desta atual passagem pelo planeta. Ao contrário da “descida vibratória” que é a função do “torvelinho 666” do planeta, para onde serão recambiados todos os seres que não se coadunam mais com as condições vibratórias do planeta, pois que estarão a partir de agora, em trâmite para as regiões cósmicas que se compatíveis com as suas com condições de estágio evolutivo, com possibilidades de novas experiências para serem vivenciadas e onde terão que novamente iniciar suas tarefas de ascensão evolutiva, com as oportunidades de poderem alcançar novamente condições embrionárias de desenvolvimento espiritual.

Este Portal 999 diz respeito a estes labirintos vibracionais que vão conduzindo os seres para uma nova visão e uma nova versão tanto teórica quanto prática de tudo quanto se realiza na Terra. É uma abertura, principalmente, do próprio chakra cardíaco dos seres humanos. É uma abertura necessária para que possa haver mais integração das criaturas humanas com as realidades necessárias pois que não podem dormitar mais nestes tempos perdidos de muita retórica. Mas ao se abrir e vibratoriamente se consolidar como egrégora em 12 de 12 de 2009, faz-se necessário expandir esta virtude do “Amor Incondicional” não somente por formas de dedicação afetiva a seres e a causas, mas, também, louvando todas as sagradas estâncias da natureza da Terra e potencializando a comunhão da “essência crística masculina” com o recôndito feminino da Mãe-Terra.

É preciso que os grupos espiritualistas estejam se debruçando, realmente, e se organizando e implantando movimentos e celebrações na Terra, através do “sagrado ritual cosmo-telúrico”. Uma fogueira acionada com outros elementos invocatórios e outros de força cósmica, como os símbolos e as liturgias magísticas brancas, pode realizar, principalmente se estiver sendo vivificada em regiões em que as águas estejam em torno, poderosas formas ectoplásmicas que irão ser construídas a partir dos elementos manipulados e também da “vontade” irradiada dos manipuladores magísticos, direcionando-as para todos os recantos do planeta em que “cura” em todos os níveis esteja sendo reclamada em caráter de urgência.

Cores, símbolos, elementos da natureza e da matéria que contenham energia quântica em potencial, estrategicamente aglutinados com a força de numerologia, da conjunção astrológica em certas datas especiais e todos os elementos de poder xamânico (como tambores que emitem sons que vibram em frequências vibratórias transdimensionais e outros apetrechos de “aché“ material) formam um cenário multidimensionalmente dinamizado, que repercute nas esferas energéticas da Terra e além da Terra, causando mudanças substanciais na qualidade da psicosfera astral do planeta, na engrenagem neuro-psíquica dos seres humanos e no próprio DNA sutil de todos os elementos que compõem a vida física na Terra.

O planeta Terra ainda era uma bola de fogo quando nós, povo ancestral, os chamados “Pajés Ancestrais”, estávamos ainda a estudar todo a formação das próprias folhas na Terra, das próprias flores, das matas, de todos os riachos. Estávamos a estudar juntamente com os engenheiros siderais, com os arquitetos galácticos, tudo aquilo quanto conhecem hoje como o cenário da natureza, da fauna e da flora. Então, quando estais a celebrar ao redor de uma fogueira, num reduto da natureza na Terra, estais a sintonizar com aquela virginal fonte daquilo que existe aqui no plano ancestral. Com a própria matriz etérica, astral, espiritual, energética, divina, da própria matéria sutil que está agora condensada aqui no plano da Terra.

Não existe diferença entre o que existe lá e o que existe “cá”. Apenas a energia condensada dá visão de solidez. Vosso espírito sem o corpo de carne, em processo alterado de consciência, fará com que possais também ver todo este cenário que enxergo, de uma forma deslumbrante, mais rica, muito mais ativa, muito mais penetrante em vossa alma do que aquilo que enxergais aqui como natureza. É preciso, então, que toda esta “natureza” divina original esteja cada vez mais “descendo” vibratoriamente no planeta, ou seja, celebrações de teor de cerimonial magístico, xamânico ou umbandista, maçom ou celta, propiciam que este planeta se torne o planeta de Regeneração e a era de Ouro vá se acomodando aos poucos porque a Era de Ouro não acontece de uma hora para outra.

Esta transmutação da Terra, ela é milenar. Para que seja implantada, “cá “na Terra, esta Era de Ouro, é preciso que tudo aquilo que é de “ouro”, de importante, de salutar, de nobre, de bom, na sua matriz original, espiritual, vá penetrando de forma dimensionalmente coerente na estratosfera terrena, na mente dos homens, nas suas engrenagens metabólicas, na reciclagem dos produtos tóxicos exalados pelas circunstâncias todas da vida humana, social e mental na atmosfera do planeta e, assim, os novos padrões energéticos vão enriquecendo, aos poucos, a natureza da nova Terra que vem surgindo e os corpos novos dos seres cristalinos que estão chegando.

É por isso que tem a “moça” (NE: refere-se à canalizadora) recebido sobre os códigos do Santo Graal, aquilo que está sendo transmutado pelo Cristo nas terras brasileiras, através da Santa Cruz abaixo da terras brasileiras. O novo DNA até das próprias plantas dos redutos da natureza, principalmente desta nação, que foi a nação escolhida para gerar a nova raça da Terra, já traz no seu bojo a estrutura física do “novo ser humano”, da nova raça que desponta, neste regaço imenso que é o Brasil. A mudança do DNA do próprio ser humano está acontecendo, está se plasmando aqui. Crianças estão nascendo com os códigos alterados.

E também e toda a generosa natureza mãe que sustenta a vida na Terra tudo, tudo, tudo aquilo está sendo modificado: -… as raízes, os tubérculos, as flores, os frutos, tudo aquilo que alimenta, tudo aquilo que vira remédio também, tudo aquilo que vira óleo, bálsamo, que vira homeopatia, que vira medicamento industrial também, que vira chá, que vira banho, que vira o próprio alimento processado, está sendo reformado, consertado, transmutado para que este DNA tão sutil… ele é totalmente sutil… que ele se torne totalmente material, e esteja penetrando nos corpos dos seres humanos, principalmente das novas crianças que estão a nascer neste planeta.

E para isso, tudo isso, acontecer, “quem” tem que trabalhar com esta Terra nova? Quem tem que trabalhar com esta Terra nova “são pessoas que tem que saber o que estão a fazer na nova Terra”! Todos aqueles que trabalham com a “terra” e com a espiritualização da Terra, especialmente na nação brasileira, mas “todos” , realmente, deverão saber que estão trabalhando com forças energéticas quando estiverem fazendo suas plantações, quando estiverem ali nas suas hortas, quando estiverem trabalhando na comercialização de seus produtos de terra que vão ser industrializados para servirem à humanidade. E os outros, com suas palestras, suas mensagens, suas contribuições para o esclarecimento das criaturas.

É preciso que as criaturas saibam que estão trabalhando com o espiritual, que estão trabalhando com as matrizes energéticas, estão trabalhando com DNAs aprimorados de tudo aquilo que já existiu na Terra para que tudo venha, realmente, ser mais aperfeiçoado nesta nova era. É disto que “Cacique Ancestral Pena Branca”, da Grande Fraternidade Branca Universal, está “cá” a dizer. está a dizer que tudo isso compõe uma área da “Metaciência”. Uma área no sentido de que é apenas uma matéria da realidade planetária: “a Ecologia Quântica”, a contraparte energética, astral e espiritual, ancestral e divina de tudo quanto é matéria, natureza. Mas, “Metaciência” funde a ciência acadêmica com as leis da metafísica. Tudo o que permeia todas as realidades humanas. Tudo o que influencia a vida na Terra, como as liturgias e cerimoniais com elementos e recursos energéticos, igualmente, então.

“Metaciência” é um terreno que começa a ser agora devassado através de mensagens como esta e outras que chegarão para lançarem novas luzes de entendimento sobre todas as culturas que atuam na medicina não acadêmica, na medicina espiritual, nas ritualísticas de vários cultos da Terra (com ressalvas daquilo que não representa a manifestação da luz divina) para que comecem a enxergar tudo, inclusive, todos os fundamentos científicos (supra científicos, na verdade) da ritualística indígena, xamânica, maia, asteca, druida, celta, wicca, umbandista, de povo maçom e de todos os grupos que estudam e manipulam saudavelmente a natureza e todo o seu manancial oculto de força e poder. Também os que estudam “simbologia” e manipulação dos quatro elementos e o “acionar” do quinto elemento: o “Éter Físico”.

Tudo deve vir a ser de conhecimento público, e principalmente os canalizadores de Xamãs, os canalizadores de pajés, de caboclos de umbanda os canalizadores de Tubaguaçu, Nhangatée, Urubatão da Guia, Caboclo do Sol, Araribóia, Tupinambá. Todos aqueles que trabalham com caboclos ancestrais estão trabalhando com esferas dimensionais, qualitativamente muito superiores a tudo quanto se realiza “cá” nos estreitos campos da ciência humana atual. É preciso que vós, os conscientes desta realidade imprescindível, prepareis muito bem todos aqueles que são jovens canais. Todos aqueles que são canais já em atuação mediúnica e todos os que já estão em sua fase de desencarne. É preciso que ainda se atualizem. É preciso que ainda sejam instrumentos da verdade aqui na Terra trazendo através de suas incorporações, através de suas comunicações, sejam telepáticas, sejam psicofônicas, sejam psicográficas, sejam de manipuladores de liturgias etéreo-físicas, energéticas, magísticas, sejam através de vários mecanismos e de formas de se realizar esta conexão entre seres encarnados e seres desencarnados, como os que estão nos meios de comunicação, nos meios educacionais, científicos mas que tragam a riqueza dos fundamentos antigos espirituais que precisam ser resgatados agora nesta nova fase do planeta.

Não se pode perder este complexo cofre de riquezas que estão, inclusive, gravados como informação cultural e científica, em determinados cristais, nos cristais que são registros do passado. Mas muito poucos seres humanos sabem manipular os conhecimentos que ali estão. Até este mesmo “cá” presente (NE: refere-se a uma drusa grande de cristal em nosso altar) será instrumento de mensagem, um dia, para que possais de novo receber em vosso próprio cérebro a abertura de vossas consciências, de vossos campos neuronais… para poderem se lembrar daquilo que já foi tão sabido, tão facilmente sabido sobre os códigos secretos que estão penetrados nos cristais.

Como o que ocorria naquela época atlante em que havia tanta integração telepática entre criaturas e que se visitavam sem mesmo precisar de transporte, se visitavam sem precisar de nada, sem precisar de rodas, simplesmente queriam estar em outro ponto, em outro campo, outra “nação” (como chamam hoje). Saíam de seus próprios corpos e iam visitar outro afim, em espírito, quanto o pensamento e a conversa telepática era muito comum. Isto tem que voltar. Isto já está acontecendo. Muitos chamam isto de mediunidade e isto não é mediunidade. Isto é um atributo inerente à condição superior de seres que sabem usar todos os recursos orgânicos, psíquicos, mentais e todas as leis da ciência metafísica. O que é telepático, esta captação de impressões, de idéias, de intuições é um recurso anímico, do próprio ser. A nova humanidade assim será. A nova humanidade será a humanidade que se comunicará desta forma como dantes e fará seus transportes espirituais como dantes. Mudará toda tecnologia, toda tecnologia dos reinos da natureza. Isto tudo depois desta grande transposição.

Mas como dizia este cacique “Pena Branca”, nada vai acabar! Senão não estaríamos “cá” perdendo tempo e usando a energia da canalizadora para explicar que tudo isto tem que ser divulgado. Que é preciso que se coloquem nos currículos escolares para as crianças que estão nascendo, que são crianças índigos, crianças arco-íris, crianças cristal e crianças diamantes, toda a realidade científica-espiritual que por ora é estudada só por elites culturais espiritualistas. Estas que vão nascer… tem que se dizer a elas que elas são “povo” de outras galáxias, povo que vem adiantado, para cá. Eles precisam receber conhecimentos à altura do que já sabem.

É inadmissível continuar acontecendo o que está acontecendo, principalmente com crianças, neste planeta. Esse massacre de crianças de todas as formas possíveis… Crianças estão sendo massacradas, de todas as formas possíveis. As crianças estão sendo perseguidas, em forma de pedofilia, em forma de torturas domésticas, em formas de doenças, em formas de abortos, em forma de fome, mortalidade infantil por causa de fome e por causa de doenças. Tanta coisa, ainda, acontecendo com crianças… violência… Quanta criança desaparecida, quanto que estão fazendo magia com sangue para todos aqueles que estão debaixo da Terra!

Este é o ponto principal da pauta de todos os seres que trabalham na Terra, porque a nova Terra será feita das novas crianças que ficarão “cá”. A nova Terra só será possível através das crianças que reencarnarão “cá”, que são os mestres que estarão reencarnados ou, então, aqueles espíritos missionários com boas intenções, com conhecimentos, com amor no coração para poderem ajudar a restauração do planeta. Que se fará? Que será do planeta sem as crianças?

Aí, então, nós estamos juntando o xamã, o pajé ancestral, a metaciência, com o chakra cardíaco da Terra, com os chakras de vós mesmos, com o amor incondicional, que estão com os vossos corações doendo, com o conhecimento que é necessário para se tornar uma unidade com as crianças que estão a nascer e que tem que ser o foco da atuação de todos os grupos espiritualistas da Terra. Por que? Porque somente instruindo os seres humanos sobre a importância de tudo isso, e passando para as crianças, que representam o futuro da Terra , é que este mundo será renovado!

Mas ainda existe um outro fator. As crianças que estão “debaixo” da terra, no sentido de vida espiritual, em dimensão astral, num interregno transitório. E, além disso, as crianças que estão ainda sendo colocadas debaixo da terra, atualmente. E a cada dia centenas e centenas e centenas de crianças são enterradas. Temos as crianças para nascer. Muitas são aquelas que estão debaixo da terra a gemer.

É por isso que nós precisamos de “celebrações cosmo-telúricas”. Celebrações ancorando a energia masculina na Terra. É por isso que a sequência de mensagens que têm sido trazidas pela sábia pauta de Mestra Nada. É assim que está sendo, inclusive, com esta mensagem que vai ser publicada antes mesmo da segunda parte do texto de Mestra Nada e Helena Blavatsky que versa sobre esta busca da energia feminina pela energia masculina, pela energia Crística, pela energia de todas as sementes que vão nascer na Terra. A energia masculina pode ser entendida, então, como todas as armas e recursos crísticos que vão acampar na Terra.

Olhem só o que é o “sagrado masculino” neste momento, quando muitos pensam ainda que é a figura masculina encarnada como homem. O “Sagrado Masculino” não é simplesmente um ser que veste a indumentária carnal do sexo masculino. Nem tampouco quanto ao sexo feminino. O encontro entre o masculino e o feminino na Terra é um pálido modo de expressão desta lei cósmica de comunhão entre estes dois polos. O momento da fecundação universal dá origem aos sóis e estrelas, planetas e constelações inteiras.

Vejam a complexidade do tema e como é importante que haja um total acoplamento sobre todos estes pontos que estamos trazendo hoje. Como é importante o acoplamento entre “Cálice do Santo Graal” e o “Falo de Osíris”, como é importante falar de “Amor” e de “Criança”, e de tudo junto, de todas as formas, todos os conhecimentos integrados. Um faz parte do outro! Uma coisa integra a outra. E a “Metaciência” se apresentando como um contexto integrado, aglutinando verdades científicas de caráter explicativo somente pelos argumentos espirituais, e explicando leis desconhecidas e o sentido da vivenciação plena dos fundamentos de cada dimensão de vida e de todas as interfaces da realidade humana com as realidades siderais. Todas as falas estão sendo projetadas de tal forma que o ser humano consiga ir tecendo o mosaico da verdade sobre a Terra.

O mosaico da verdade teórica para que, inicialmente como conhecimento, venha a ser então totalmente assimilado e se tornar o mosaico da realidade prática do dia a dia dos seres humanos. A realidade prática é saber exatamente como lidar com a dimensão espiritual num planeta material. Como fazer tornar-se efetiva esta integração entre espírito e matéria? Como tornar, realmente, concreto, palpável, o ensinamento, a teoria que se fala, que trazemos aos médiuns, naquilo que acontece na vida das pessoas dentro dos seus lares, dos seus corpos físicos, nas suas relações com todos os seres humanos? É preciso que haja realização material do ensinamento espiritual.

Sobre o Chakra Cardíaco… na conexão do Portal 999 com o “Portal 12:12”, quando o “Amor Incondicional” se enraíza definitivamente e se eterniza, na Terra, pela mudança frequencial do Chakra Cardíaco da Terra, nas plagas etéricas do interior das terras do Planalto Central do Brasil, com a atuação intensa do raio rubi dourado de Mestra Nada e Jesus Cristo, ancorando também as energias dispensadas pelo Mestre El Morya e com a baliza energética protetora de Hércules e Arcanjo Miguel, e com o respaldo “ultra frequencial” das frotas de Ashtar Sheran, ocorre de forma determinante a ressonância imediata e perene daqui para frente nos chakras cardíacos dos habitantes terrenos, consolidando uma nova disposição vitalícia de estado de graça, renovação e vitalidade, conforme a identificação e sintonia das criaturas com estes novos padrões frequenciais.

Para grande parte dos médiuns, canalizadores e instrumentos afinados do plano espiritual e em todos aqueles seres encarnados que operam na Terra de mil formas e em várias instâncias da engrenagem administrativa do planeta, provindos de outros orbes, principalmente, e que estão “cá”, em co-participação da ancoragem da luz na Terra, e todos os demais aprendizes da luz que se encontrem preparados para receber esta vibração, esta informação desta noite será uma bússola de entendimento sobre os novos moldes de atuação interativa nos seus campos de ação respectivos e serão responsáveis por muitas coisas que não sabem ainda, mas que serão trazidas ao seu conhecimento para poderem ser conscientes, cada vez mais dos seus papéis divinos no planeta.

Pensais, muitos de vós, que estais em um lugar difícil de atuação espiritual, porque estais sendo descartados ou ironizados, criticados e sobrecarregados com ataques energéticos que vos abatem. Outros de vós avaliam que estão com dores insuportáveis e que estão morrendo. Outros mais pensam que estão com problemas insolúveis, mas que, na verdade, estão sendo apenas incentivos à evolução. Todas as injunções humanas estão sendo incentivos, verdadeiramente, para que o trabalho da luz se faça presente de forma cada vez mais ajustada e autêntica e para que haja, naquele ponto, no ponto exato da situação onde cada um se encontra, aquilo que possa propiciar o amadurecimento e a energia mais primorosa que cada um possa fornecer ao serviço espiritual a que foram destinados.

Muitos aqui estarão a falar nas escolas, outros a plantar na terra, outros estarão a trazer informação através destas “máquinas” de globalização. Muitos estão iniciando sua trajetória na forma de jovens canalizadores, jovens instrumentos mediúnicos, com a possibilidade e a potência espiritual de albergarem em suas auras a irradiação de grandes mestres, grandes seres, trabalhando pelos seres humanos. Este cacique fala usando a mente e o corpo físico da filha que vem se preparando há milênios para esta função. Cada instrumento da luz tem nestes contatos com as esferas superiores a adaptação de seu corpo físico também, para poder estar apto ao exercício da intermediação, movimentando suas células e suas frequencias áuricas para interagir com a equipe da ancoragem da luz e do amor no planeta.

O movimento do corpo físico e o movimento do grande planeta são sincronias que a “Metaciência” vai explicar doravante. Imaginai que tudo que sentis é aquilo que o planeta está sentindo. Que ele é a expressão macrocósmica de vós, que são seres dentro do planeta com manifestação de matéria condensada em versão microcósmica. Quando é que a Terra vai entender que cada animal é tão sensível como um corpo humano. Quando é que a Terra vai deixar de pendurar as galinhas de cabeça para baixo como se ela nada sentisse, como se o sangue dela não fosse para a cabeça. Quando é que vão deixar de usar os animais como se fossem objetos, se todos eles têm vida. Como é que se pode tratar assim os animais da Terra? Nos planos elevados de todas as galáxias, os animais são nossos companheiros de evolução. Os animais são aqueles que trafegam conosco e têm os seus papéis xamânicos, galácticos. Os animais são aqueles seres que são manifestação de poderes específicos de suas virtudes correspondentes.

Os animais, para nós, representam ensinamento. Os animais representam alerta, para nós. Cada animal neste contexto macrocósmico do universo, do universo ancestral, têm uma força especial. Aquilo que às vezes vêm como animais e vos causam pavor, medo, e inclusive sendo pestilentos e venenosos, são apenas compactações energéticas dos animais que existem nos planos espirituais densos do planeta. Com certeza, eles são de baixa vibração, são plasmação de planetas inferiores e de mentes doentias e enfermas. Mas os animais a que nos referimos, os animais xamânicos, são essas forças ancestrais e que trazem recados importantíssimos para a humanidade. É por isso que é importante estudar também, o xamanismo e todo animal de poder. Os animais de poder são os animais que regem a força vibratória, a força magnética de cada ser humano aqui na Terra. Existem animais xamânicos que são seres ancestrais enormes, reponsáveis pelas próprias instituições e pelos próprios trabalhos espirituais que envolvem a sua área de ação correspondente às suas virtudes intrínsecas. Animais que cuidam da eficácia, inclusive, dos tratamentos espirituais das criaturas humanas.

Quanta coisa há que se saber e que compete hoje a “Cacique Pena Branca” trazer, como uma fagulha, apenas, desta grande fogueira da “Verdade”. São apenas tópicos que a “Metaciência” vai abordar, para serem ainda explorados e desdobrados. Existem muitos veios, ainda, de cada tópico destes. Têm que ser explicados detalhadamente, para total entendimento da humanidade sobre cada um destes assuntos que Pena Branca expõe, na noite de hoje. Parece uma divagação desconexa, todos esses assuntos que Mestra Nada nos pediu para iniciar. Mas o tempo se incumbirá de mostrar todas a pertinências e todas as correlações com o objetivo que temos de unificação das verdades.

Na “Grande Fraternidade Branca Universal” não poderia faltar aqueles que estão ligados mais à “terra”. Muitos conhecem e gostam da Grande Fraternidade porque somente falam em luz e muita luz!!! É raio rosa, é raio verde, é branco, dourado e amarelo e isto e aquilo. Então, muitos se sentem a elite, a nata, a nata do conhecimento, a nata da humanidade, a nata da sociedade e estão ligados à Grande Fraternidade Branca Universal, pensando que nós só vivemos de luzes e cores. Nós vivemos de luzes e cores que estão na própria Terra, nós falamos de cores que estão na própria Terra. Nós estamos nesta total integração entre espírito e matéria.

A criaturas tem que deixar de ser estas pseudos-sábias, pseudo-evoluídas, ascencionadas e prontas para voltar a seus universos, a seus planetas de origens. As criaturas terrenas têm que saber de forma mais racional de que todos os mestres da GFBU estão completamente imbuídos e interpenetrados em todos os campos da matéria, na própria ciência, na medicina, na administração total do planeta em todas as áreas. Os grandes mestres têm todo o seu arcabouço fluidico, seus mananciais para penetrarem nos governos, para penetrarem nas idéias, para penetrarem na ciência, para penetrar na própria terra para alimentação do ser humano. Os nossos raios, todos os raios estão focados para a Terra e para a “terra”. Não pode haver só estes pensamentos que as pessoas da Terra têm que seguir os raios para sairem dela, somente. Estão querendo os nossos raios somente para saírem para os seus planetas. Temos que convergir de novo a atenção aquilo que vai se processar “cá”, na Terra, antes de sairdes da Terra! Este é o intento principal de Mestra Nada e Mestre Jesus.

E, enquanto muitos estão pensando em sair, nós estamos pensando nos que vão entrar. Estamos pensando nos que vão ficar agora em meio às inúmeras situações de transição que estão ocorrendo no planeta. Um planeta que deve sobreviver, com os seres que estão preparados para ficar, mesmo durante e após as inundações e catástrofes que estão assolando o orbe cada vez com maior intensidade. É nisso que se fala tanto. Temos que pensar não nos que vão, mas nos que vão ficar, naquilo que temos que instruir, naquilo que temos que deixar, como trampolins para a nova vida que terão. Instrumentos, arcabouços tecnológicos, espirituais. É preciso que estejam compenetrados disto.

Amados filhos da Terra, instruam as pessoas! É preciso que instruam as crianças, os jovens. É preciso que multipliquem situações, formas de alertar os seres humanos sobre a vida espiritual. É preciso que estejam completamente penetrados na vida da sociedade, mas com consciência do que fazem e do que devem realizar na Terra. É preciso que, como canalizadores, como pessoas que têm inteligência, como pessoas que têm conhecimento espiritual, que o contato de vós como seres humanos esteja muito, totalmente ligado aos outros seres humanos, ao outro ser humano, o que está na frente de vós, o que está na casa vizinha, o que venha como consulente em alguma instituição, todo aquele que trafega convosco, que trabalha para vós ou que está acima de vós. Todos os seres humanos são objetos da vossa atuação.

Deveis multiplicar vossos esforços para que esta nova consciência seja gerada. Aqueles que dão aulas “falem do espírito”! Aqueles que estão com os jovens “falem do espírito”! Aqueles que estão no trabalho da terra “falem da Terra e sua conexão com a “terra”. Falem do “coração da Terra”, da energia da “terra”, dos que sofrem debaixo da “terra”, no interior astral da “Terra”, neste período de expurgo do planeta para sua regeneração planetária. Falem que os tubérculos e todos os frutos da Terra com seu novo código genético, seu novo DNA, vão alimentar quanticamente todos os seres humanos. Cada batata, cada raiz, cada uma daquelas folhas, e tudo mais que vem da terra, vai trazer elementos magnéticos para ativarem o chakra cardíaco dos seres humanos.

Aquilo que foi dito, sobre o Cálice do Santo Graal, o fluido Crístico se interpenetrando “a cá” (ele mostra a região no corpo fisico) totalmente, no “timo”, no chakra cardíaco, fazendo com que este timo se expanda. O Cálice do Santo Graal é a fonte crística se derramando sobre a Terra e sobre a “terra”. Então, como se fossem todos espermatozóides, as mônadas crísticas penetrando na Terra do terceiro, do quarto e do quinto milênio, é uma obra cósmica ímpar de poder de “transmutação”. Os “filhos” imaginem a beleza de se ver os milhões de espermatozóides crísticos entrando na Terra. Estes espermatozóides são os novos fluidos, são as fontes eletromagnéticas para vivificarem todos os seres humanos. É muito importante tudo isto!

É importante que os seres terráqueos saibam o que estão a fazer. Aqueles que estão em dificuldades financeiras é porque precisam trabalhar mais na “terra”… é que precisam trabalhar mais a questão da “raiz” das suas vidas! É preciso que venham trabalhar mais a sua coragem como ser humano na vida humana, a sua coragem como espírito que veio de algum canto do universo para trabalhar o seu próprio ser e ajudar aos outros seres humanos.

Então, aqueles que forem falar que falem, aqueles que forem rezar que rezem, os que podem instruir que instruam, os que podem plantar que plantem, os que podem dirigir trabalhos que dirijam e que façam isso se converter em um sol de entendimentos e ajuda, em fraternidade e solidariedade, e de fonte de informação, também, para toda a humanidade. Todos precisam de alimento espiritual e de alimento material, mas é preciso que todos estejam de mãos unidas, todos os grupos, as instituições, os canalizadores, e que se “fale mais” para o “povo”… e tudo neste sentido do que está sendo explicado, para o povo! O “povo” precisa saber aquilo que fazem, onde estejam. Isto é o que pretendemos, nós da “Grande Fraternidade Branca Universal”, doravante, neste novo ciclo da Terra.

Este movimento da “Voz do Raio Rubi” é apenas mais um recurso divino, um instrumento de conscientização, especialmente dirigido pela Mestra Nada, que rege a implantação do “Amor Incondicional” na Terra, mas que direciona ao Brasil, no seu vórtice de conjunção cardíaca do planeta, no Planalto Central, ao lado do Anjo Ismael, a egrégora da “Cruz” e da “Rosa Rubi Dourada”, do “Cruzeiro do Sul”, representando a sublime face da redenção espiritual das almas encarnadas neste planeta. Integrando a falange das “Santas Almas do Cruzeiro Divino”, ao lado de Jesus Cristo, que escolheu a Terra brasileira como seu próprio “Cálice” material, ambos pretendem fazer a integração do “aspecto sagrado” com o “aspecto material”, concretizador, que é a própria vida humana se estabelecendo como vida sagrada, em todos os seus níveis e aspectos. E, com El Morya, estabelecem eles, que a consciência planetária se enriqueça de virtudes divinas, gerando mais responsabilidades com o planeta, com a natureza e com os seres humanos.

“Cacique Pena Branca” tem a dizer, ainda, que os “filhos” presentes podem fazer alguma pergunta pertinente porque estamos hoje “a cá” para também dirimir dúvidas sobre o tema que iniciamos nesta noite.

Antes disso, vamos fazer a correlação da “Metaciência”, com a terra, com a unidade do conhecimento (o “holismo”) e com o portal 12 de 12 e a ancoragem definitiva do “Amor” na Terra. Por tudo quanto temos falado sobre a força da “terra” os rituais e celebrações a ela, nela e por ela estão sendo indispensáveis e urgentes. Estamos visando e conclamando por “excelência” nos rituais umbandistas e xamânicos, no sentido de resgatarem-se as suas raízes ancestrais e extraplanetárias. Ao contrário do que se tem dito sobre o primitivismo dos rituais destas correntes espiritualistas de ação telúrica, pretendemos integrar ao planejamento superior dos seres responsáveis pelas “idéias” e pelas transmutações frequenciais mentais do seres humanos, a conscientização sobre a necessária ascensão da própria Terra, e de cada ser humano, também pela via da conexão magística com a “Mãe-Terra”.

Nós estamos na volta do “Pêndulo das Eras e dos Ciclos” planetários. Existiu já na Atlântida toda a abordagem ritualística de utilização dos elementos da natureza. Era a “Era de Ouro” naqueles tempos, também na Lemúria, mas na Atlântida, embora tenha sido o cenário do apogeu dramático da manipulação inadequada desses mesmos elementos e das forças cosmo-telúricas, houve o expoente da atuação estratégica magística dos “magos brancos”, mestres da Magia Sideral, encarnados na Terra, para um alavancamento evolutivo do planeta e das egrégoras de engrenagem fisioquimicas dos corpos dos seres humanos e dos reinos da natureza.

Este pêndulo vem trafegando pelos séculos e pelos milênios, passando por toda sorte de expressões da materialidade, da ignorância, da violência, da guerra, do despotismo, mostrando apenas a face da autoridade arbitrária, de inconsequencia humana no exercício do poder nas instâncias institucionais de governo humano do mundo. Isto era o ciclo “masculino” do planeta. Não o “sagrado” ciclo masculino de hoje, sendo resgatado pelo Cristo, mas era sim o planeta se contorcendo nos seus movimentos de se domar a raíz embrionária e instintiva das índoles espirituais do seres aqui encarnados, provindos dos mais díspares patamares evolutivos das diversas paragens planetárias do Universo. Estamos chegando agora no outro lado da realidade cósmica planetária, onde o pêndulo está, neste ciclo atual, novamente apontando para a era da “Magia Sagrada”.

O novo ciclo terráqueo, o de chegar ao conhecimento humano tudo quanto o sacerdócio da magia apregoa e concretiza. Eis aí o que significa “Metaciência”. É o alvorecer novo da consciência, do conhecimento ancestral das leis cosmo-telúricas, dos poderes da ação humana na matéria do “Vegetoastromagnetismo”. No desabrochar terráqueo da nova “Era de Ouro”, para a qual a Terra caminha, e que irá se implantar definitivamente no decurso dos milênios que estão por vir, todo aquele sacerdócio da natureza, o sacerdócio de atuação com toda a “Magia Branca”, com todos os reinos da natureza, que propiciem a movimentação do éter físico, está sendo novamente implementado, mas com dinamismo renovado, o de conhecimento natural sobre suas leis e fundamentação.

E quem vem implantar, justamente, de forma ainda mais plena e mais inteira, estes ancestrais mecanismos das “Liturgias Etéreo físicas” e “Vegetoastromagnéticas” é a “AUM BANDHAN “. É por isto que temos que estar a esclarecer cada vez mais sobre os mananciais energéticos condensados na matéria do planeta. Tudo aquilo que é ridicularizado, pela aparente impropriedade com as causas sagradas, sublimes, cósmicas, sutis, ascensionadas, e etc, são mecanismos imprescindíveis à renovação fluídica planetária e humana.

Teremos e tereis, vós, canalizadores da “Verdade Integral” que dispensamos agora sobre a Terra, por este novo canal de expressão, novos argumentos dentro do próprio leque de abordagens da equipe espiritual da Grande Fraternidade Branca Universal. Haveremos que enfrentar mais esta luta em benefício do esclarecimento dos espiritualistas que estão sendo envolvidos pelas idéias contrárias à verdade e à propriedade dos fundamentos ritualísticos iniciáticos umbandistas e xamânicos e de todos os outros movimentos de culto à natureza e às forças cosmo-telúricas, que sejam saudáveis, sérios e destituídos das aberrações que maculam a cientificidade cósmica destas celebrações e cerimônias sacerdotais magísticas. Identificar-se o ser humano somente com as energias mentais é um equívoco e uma lacuna gigante para os verdadeiros discípulos da “ Verdade”.

Que venham estes que estão “cá” e todos os que estarão a ler e a ouvir tudo aquilo que estamos a dizer, serem novos divulgadores da nova ciência que desponta no planeta, a “Metaciência”. As celebrações magísticas e tudo quanto tendes visto como cerimoniais ritualísticos que têm alcance planetário, alcançam dimensionalmente órbitas siderais e suas populações iluminadas, que, vibrando no mesmo diapasão das leis divinas, no seu contexto cósmico de integração sutil entre os orbes, acionam para a Terra seus mananciais e recurso de qualidade superior, causando enormes benefícios para a vida dos seres humanos e para a vitalidade fluídica do planeta.

Os cerimoniais, como este que nós pretendemos para o Portal 999 e para o portal 12:12, os cerimoniais na “terra” através do fogo e dos sons de atabaques, o som xamânico, o toque xamânico e todo o ritmo que se tem que dar a esse toque vão fazer com que muitos seres sejam libertados do interior da Terra. Vão fazer com que o “Sagrado Masculino Crístico” esteja penetrando no “Sagrado Feminino Planetário”. Vão estar colaborando e engrossando as fileiras daqueles que estão lutando pela elevação e evolução do planeta Terra.

Por isso vos convocamos a participar deste Portal 999, deste grupo, fazendo a celebração importantíssima e nos ajudando na cura do planeta Terra, na restauração do planeta Terra. As repercussões serão imediatas e o acoplamento definitivo desta egrégora de força cosmo-telúrica se plenificará nos albores do dia 12:12 e no seu seguimento vibratório em vários dias posteriores, ancorando definitivamente no Chakra Cardíaco da Terra (o Brasil, especialmente no Planalto Central), o “AMOR INCONDICIONAL”, numa sinergia com o chakra cardíaco dos seres humanos, com o amor incondicional dos seres humanos, e o amor incondicional se plasmando neste grande coração no interior da Terra.

Este é o objetivo da nossa palavra hoje. Creio que está tudo exposto.

“Pena Branca” agradece principalmente nosso Grande Criador! O Grande criador que fez este planeta como todos os outros. Agradecemos a Sanat Kumara que implantou de Vênus o território de Shamballa, acima do lago Titicaca, onde nós nos reunimos para podermos confabular sobre todos estes eventos espirituais no planeta Terra.

E, como os filhos de “cá” (integrantes de nossa equipe) uma parte é de Vênus, outra de Erg, outros restaurados de Capela, estão todos conjuminados para trabalharem por esta cidade através dos feitos que têm feito, através da obras, e dos eventos magísticos, das celebrações, através da palavra, através da Terra agora, através de toda sua atuação cuidando que são missionário do terceiro e do quarto milênio, através de toda sua esfera de atuação, cada um no seu “metier”, nos seus segmentos de atuação.

E esta filha com seu papel preponderante neste trabalho de “A Voz do Raio Rubi”, quando Mestra Nada fala sério, interage com ela e sob o seu comando amoroso tem trazido espíritos de várias linhas espiritualistas e esotéricas para exporem o seu ponto de vista para, em breve, termos consolidado como egrégora vitalícia no planeta o “Jardim de Ísis”, isto é, o jardim das flores de todos os matizes e de todos os perfumes, o jardim que valoriza e cuida de todas as idéias, de todas as religiões de todos os segmentos filosóficos, tudo o que for “fundamentos da verdade”, conjuminados, conjuntos em uma grande “Unidade”, onde respeitaremos cada qual. Isto é “Unificação da Verdade”, que damos o nome de “Ciência Integral”.
E o que nós falamos hoje que será o nome da mensagem, “Os Fundamentos da Metaciência”, rudimentos, ainda, dos fundamentos da Metaciência, um introdução, apenas, feita por “Pena Branca”.

Mestra Nada está consolidando aos poucos, na sua sabedoria de saber o tempo certo para todas as coisas, sempre no tempo certo, coadunante com o amadurecimento dos seres humanos, toda a sua intenção de trazer obras palpáveis na face da Terra.

Agradecemos, então, a Ela e ao Mestre Jesus e a todo o “povo” de luz que esteve “cá” com “Pena Branca”, também nos trazendo subsídios telepáticos para a congruência dos enfoques e sustentando a nossa vibração de Cacique Ancestral, para podermos falar aos amados discípulos da luz, de forma informal e em equidade com suas condições de assimilação. Entregamos este momento para nossa Mestra, para que ela possa, se quiser, fazer uso da sua Augusta palavra e trazendo a sua “Rosa” maravilhosa “Rubi Dourada” sobre este lar e sobre esta cidade para que então possamos, conjuntamente, mais tarde, termos e vermos por cumprida a nossa missão de hoje nesta tarefa nesta casa, com estes filhos abençoados e eleitos por Deus para direcionarem movimentos importantes nesta cidade de Londrina.

Saudações de Amor Incondicional do vosso irmão cósmico,

Pena Branca

Obs: Em seguida a esta mensagem, Mestre Pena Branca ainda respondeu a várias perguntas e Mestra Nada ainda falou por vários minutos, corroborando todas as suas palavras.

©2010 Rosane Amantéa

http://rosane-avozdoraiorubi.blogspot.com/

babosa-para-queda-de-cabelo

Babosa contra queda de cabelo!

A babosa, ou Aloe vera, tem propriedades e benefícios que vão muito além da saúde. Não é a toa que existe uma grande variedade de produtos para a beleza da pele e do cabelo disponíveis no mercado, assim como várias opções de receitas caseiras que prometem brilho, maciez, fortalecimento e rejuvenescimento .Mais um benefício da prodigiosa planta medicinal: babosa contra queda de cabelo.

Propriedades da babosa

Aloe vera, chamada por muitos de “a rainha das plantas medicinais”, tem propriedade anti-inflamatória, cicatrizante, antibactericida, antifúngica, antiviral, hidratante, tônica, imunoestimulante, regeneradora e antioxidante.

São muitas as indicações da babosa na cura de doenças, queimadura de pele e fortalecimento do organismo como um todo. Para os cabelos, ela é indicada para tratar e recuperar cabelos secos e ressecados, danificados e quebradiços, quimicamente tratados, caspa e seborreia, fortalecimento dos fios e queda de cabelo.

Como usar a babosa contra queda de cabelo

Seu uso é extremamente fácil, basta abrir uma folha de babosa ao meio no sentido longitudinal (“de comprido”), retirar o gel com ajuda de uma colher e bater ligeiramente no liquidificador. Prefira as folhas mais grossas, já que possuem mais polpa (gel).

Aplique nos cabelos limpos, sem resíduos de produtos e ainda úmidos, privilegiando ocouro cabeludo. Massageie suavemente o couro cabeludo com o gel da babosa, com movimentos circulares, por uns 5 minutos, deixe agir pelo menos por meia hora e depois enxague com água.

Repita o tratamento pelo menos 1x por semana. Bater meia cebola com o gel da babosa aumenta ainda mais a ação anti-queda, sendo uma ótima variação para a sua receita caseira.

Portal Lar Natural

1959969_1473350309547849_1673835450_n

Os Arcturianos

COMEÇANDO NOSSO CONHECIMENTO DAS RAÇAS BENEVOLENTES QUE ESTÃO DIRETAMENTE ENVOLVIDAS COM O PROCESSO DA ASCENÇÃO DA TERRA:

Eu prometi e aí está! Vamos começar por nossa família arcturiana. Por serem os mais próximos da Terra e já já estarão entre nós.

Os Arcturianos são os mais amorosos e compreensivos seres que se possa imaginar. A sua pele tem a cor esverdeada/prateada. Têm olhos muito grandes e amendoados. Têm somente três dedos, têm a habilidade de mover objectos com o poder das suas mentes e são COMPLETAMENTE TELEPÁTICOS.

Parece que a sua fonte de alimento é um líquido efervescente que é altamente vitalizante para todo o seu ser.

Seus olhos são castanho-escuro ou pretos. Seu principal órgão de visão é na realidade a sua natureza telepática.
Também têm capacidade sensorial atrás das suas cabeças.
A longevidade destes seres é de 350 a 400 anos de vida.
A SUA NATUREZA ESPIRITUAL ALTAMENTE DESENVOLVIDA permite-lhes evitar o envelhecimento, uma vez que têm capacidade de transcender tempo e espaço. Os humanos farão isso no futuro, quando a sua noção e paradigmas de tempo terrestre sofrer uma reviravolta (falo disso em meu artigo “O Tempo” disponível em meu perfil)Enfim, eles terminam a sua existência quando o contrato que foi arranjado nesse sentido chega ao fim.

Não há doença em Arcturus; elas foram eliminadas há séculos atrás.

Em Arcturus, todos os aspectos da sociedade estão focalizados na realização DO CAMINHO DE DEUS.
Os Arcturianos ensinam que o ingrediente fundamental para viver na quinta dimensão é AMOR. Negatividade, medo e culpa devem ser transformados em amor e luz!

Os Arcturianos trabalham em conexão direta com os mestres ascensionados, a quem eles chamam de Irmandade do Tudo.
Eles também trabalham em conjunto ao que chamamos de Comando Galáctico:A galera do ASHTAR, que trabalha sob os auspícios de SANANDA (Jesus) enfim.

A sociedade Arcturiana é governada pelos Anciões, reverenciados pelo povo de Arcturus pelo seu avançado conhecimento, sabedoria, e pelas suas FREQUENCIAS VIBRACIONAIS extremamente altas. Quanto maior a frequência vibracional, mais perto o ser encontra-se da Luz, do Espírito, de Deus.

Os Arcturianos são fisicamente pequenos, têm mais ou menos um metro, um metro e trinta centímetros de altura e esbeltos. Eles se parecem bastante uns com os outros, e isto é apreciado porque elimina a banalidade da comparação física tão predominante em nossas sociedades terráqueas.

No sistema Arcturiano não há temperaturas extremas. A sua civilização é uma das que TRANSCENDEU A DUALIDADE E VIVE NA UNICIDADE.
As profissões em Arcturus são determinadas pela frequência vibracional e as cores na sua aura. Por exemplo, aqueles que tem o cargo de cuidar de crianças devem ter violeta como cor predominante nas suas auras, pois somente as almas mais sensatas têm a permissão de conviver com os pequeninos. Quanta responsabilidade com os pequenos, hein?…tão diferente daqui da Terra…
A Reprodução é uma HONRA em Arcturus e uma das missões/profissões mais respeitadas.
Enfim, ser mãe e pai em Arcturos é uma missão, encarada com muita responsabilidade. CRIAR VIDAS COM DEUS realmente não é nada banal.
Os seres humanos precisam desenvolver esta noção de responsabilidade.

O ato reprodutivo não se dá de forma física como na Terra. Em Arcturus isto é feito através de uma ligação mental na qual a energia do macho e da fêmea estão perfeitamente equilibradas.

 

Paula De Paula Costa

10428066_1503078589908354_5018648140215406081_n

Irmãos de ARCTUROS

Entendam que existem milhares de raças de seres neste vasto Universo, e algumas delas, estão trabalhando DIRETAMENTE na ascensão de GAIA e de seus filhos.

Fiz três álbuns de três destas raças bem atuantes (é claro que existem outras), com algumas informações interessantes. Um pouco do que vocês irão encontrar neste álbum:

A Ciência Espiritual dos Arcturianos.
A importância de se desenvolver a MESTRIA DE SI MESMO:

“Descobrimos que a frequência na qual um Ser VIBRA está diretamente
relacionada ao controle que ele tem sobre seus pensamentos, palavras e
emoções.
Quando um Ser vibra numa frequência mais baixa, permite a muitas OUTRAS formas de energia se misturarem e se fundirem com seu reservatório de energia e seus ciclos.

Quando isso acontece, os pensamentos têm a tendência de ficar confusos, o que leva o Ser a sentir frustração.
Nesse estado, aquele que está operando nesta frequência pode ficar muito desanimado e deprimido, o que, por sua vez, tem a tendência de manter o nível vibratório num plano permanentemente baixo.

Quando a pessoa ELEVA a própria frequência vibratória até a frequência da velocidade da luz, ela começa aí o processo de domínio de SI.
Isso significa que o Ser agora tem acesso a mais informações da Consciência Universal…
Namastê!
Paula De Paula Costa.

Capturar

Síndrome de Burnout: um artigo que faz a diferença

Hoje quero abordar um assunto delicado, que – em maior ou menor medida – afeta ou vai afetar a todos nós, no ambiente de trabalho: o esgotamento profissional ou, como é conhecido tecnicamente, a Síndrome de Burnout.

Primeiro, vamos à definição clássica sobre o problema.

O que é a Síndrome de Burnout

“Burnout (esgotamento profissional) é definido como uma síndrome psicológica decorrente da tensão emocional crônica no trabalho. Trata-se de uma experiência subjetiva interna que gera sentimentos e atitudes negativas no relacionamento do indivíduo com o seu trabalho (insatisfação, desgaste, perda do comprometimento), minando o seu desempenho profissional e trazendo consequências indesejáveis para a organização (absenteísmo, abandono do emprego, baixa produtividade). O Burnout é caracterizado pelas dimensões: exaustão emocional, despersonalização e diminuição da realização pessoal.”  (Tamayo e Tróccoli, 2002)

Burnout geralmente ocorre em profissionais que lidam com pressão emocional constante em seu dia-a-dia, e mantém contato direto com pessoas em situações estressantes, por longo período de tempo. Por exemplo: profissionais de saúde, da educação, policiais, agentes penitenciários, entre outros.

Esses profissionais se deparam com eventos estressores no ambiente de trabalho, além do intenso e contínuo contato interpessoal. O trabalho dos profissionais de saúde baseia-se na articulação das dimensões: técnica, ética e política, bem como na compreensão e manejo em lidar com a vida e com a morte.

 

Como acontece

O fator estressor, seja qual for, físico ou psicológico, ativa o sistema neuroendócrino.

Inicialmente há o envolvimento do hipotálamo que estimula a liberação de hormônios pela hipófise, entre eles o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) que estimulam as glândulas supra-renais a produzirem e liberarem cortisol e adrenalina, chamados de hormônios do estresse.

hormonios-do-stress

A síndrome envolve três componentes, que podem aparecer associados, mas são independentes:

  • Exaustão emocional – falta de energia associada a sensação de esgotamento emocional. O profissional sente que não pode despender mais energia para desenvolver suas atividades.
  • Despersonalização – indiferença em relação às atividades cotidianas do trabalho, presença de atitudes negativas e comportamentos de cinismo e dissimulação afetiva, até o tratamento de pessoas do convívio como objetos.
  • Falta de envolvimento com o trabalho ou baixa realização profissional – sensação de incapacidade, baixa autoestima, desmotivação e infelicidade no trabalho, afetando até a habilidade e a destreza.

Os 12 estágios de burnout:

  1. Necessidade de se afirmar – provar ser capaz de tudo, sempre;
  1. Dedicação intensificada – com predominância da necessidade de se fazer tudo sozinho;
  1. Descaso com as necessidades pessoais – comer, dormir, sair com os amigos começam a perder o sentido;
  1. Recalque de conflitos – o portador percebe que algo não vai bem, mas não enfrenta o problema. É quando ocorrem as manifestações físicas;
  1. Reinterpretação dos valores – isolamento, fuga dos conflitos. O que antes tinha valor sofre desvalorização: lazer, casa, amigos, e a única medida da auto-estima é o trabalho;
  1. Negação de problemas – nessa fase os outros são completamente desvalorizados e tidos como incapazes. Os contatos sociais são repelidos, cinismo e agressão são os sinais mais evidentes;
  1. Recolhimento – aversão a grupos, reuniões – comportamento anti-social.
  1. Mudanças evidentes de comportamento – perda do humor, não aceitação de comentários, que antes eram tidos como naturais.
  1. Despersonalização – ninguém parece ter valor, nem mesmo a pessoa afetada. A vida se restringe a atos mecânicos e distância do contato social – prefere e-mails e mensagens.
  1. Vazio interior – sensação de desgaste, tudo é difícil e complicado.
  1. Depressão – marcas de indiferença, desesperança, exaustão. A vida perde o sentido;
  1. E, finalmente, a síndrome do esgotamento profissional propriamente dita, que corresponde ao colapso físico e mental. Esse estágio é considerado de emergência, e a ajuda médica e psicológica são urgentes.

Manifestações e sintomas

O desenvolvimento dessa síndrome decorre de um processo gradual de desgaste emocional e desmotivação acompanhado de manifestações físicas e psíquicas.

Ela se manifesta por meio de quatro dimensões sintomatológicas: física, psíquica, comportamental e emocional.

Principais Sintomas: Exaustão emocional, despersonalização, reduzida realização profissional; fadiga; dores; imunodeficiência; disfunções sexuais, desconfiança, irritabilidade, perda da iniciativa, tendência ao isolamento.

Sinais de doença avançada: enxaquecas, insônia, gastrite e úlcera, diarréias, crises de asma, palpitações, hipertensão, dores musculares, alergias e infecções, depressão, aumento do consumo de café, álcool, barbitúricos e, cigarros.

Tratamento

Depois de constatado, o tratamento da síndrome de Burnout é realizado através do psicoterapeuta.

Em alguns casos, é necessária a utilização de medicamentos como os antidepressivos que atuam como moderadores de ansiedade e da tensão, sendo sempre prescritos com avaliação médica.

Se perceber alguns dos sintomas, não deixe que eles tomem conta da sua vida. Há casos em que essa síndrome resulta em depressões profundas e até ideias suicidas. Portanto, se identificar alguns dos sintomas, busque soluções o mais rápido possível, incluindo orientação especializada.

IMAGM - 1

O CICLO DE 26.000 ANOS – A PRÓXIMA EXISTÊNCIA DO PLANETA

 

Saudações queridos. Cumprimentos de boas vindas e de casa. Eu assisto vocês na Terra de longe o tempo todo, e nós chegaremos em seu mundo quando vocês permitirem. Quando vocês abrirem o espaço para que isso aconteça, estaremos aqui não para dizer-lhe para onde se virar, nem para lhe indicar o caminho mais curto para o próximo ponto de parada. Nós simplesmente os encorajaremos a relembrar, porque essa é uma das chaves. O que queremos falar hoje é algo que tínhamos falado antes, mas agora vamos dar um passo adiante e compartilhar o que está ocorrendo no planeta Terra agora. Como mencionamos antes, no final de março vai ser um momento muito importante para o ser humano em todos os lugares. Alguns de vocês vão sentir a energia mudar fortemente, e vocês podem até se sentirem lançados como se vocês finalmente deixassem ir um fardo. No entanto, a maioria não irão experimentar essa sensação. São os níveis mais elevados que podem sentir mais essa mudança. No entanto, a maioria das pessoas simplesmente sentirão como é um dia normal, no entanto, tudo está mudando. Na verdade não se trata tanto de um único dia que está mudando, pois há uma grande quantidade de alinhamento de energia para este movimento particular. Então, vamos explicar.
O ciclo precessional de 26000 anos é o tempo gasto pelo nosso sistema solar para transladar em torno de um ponto central ocupado pela estrela Alcione – Cinturão de Fótons
Março 2015
Você sabe um pouco sobre precessão axial e os ciclos maiores do que ocorre, por que você tem tantos ritmos no planeta Terra. Elrah está aqui trabalhando com você em ritmos de diferentes maneiras, porque esses ritmos estão começando a mudar. Você tem ritmos dentro do corpo: circadiano, ultradiano, e muitos ritmos diferentes que afetam o seu corpo físico e alinhamento com o mundo ao seu redor. Você tem um ritmo Lunar mutante, basicamente, os ciclos da lua e como eles afetam todos os seres humanos. Se você está sempre querendo saber se isso é verdade, verifique simplesmente em qualquer delegacia de polícia na lua cheia e você vai entender algumas das conexões que estão ocorrendo. Estes ritmos são todos alinhados para ajudá-lo a experimentar o tempo; os ritmos não podem ocorrer sem uma estrutura de tempo linear para reproduzi-lo. O que está acontecendo no final de março é apenas o começo. Mesmo se você não sentir conscientemente você vai experimentá-lo em algum nível, porque ele está se abrindo para as novas energias para todos.
Sistema Estelar das Plêiades
O início de um Novo ciclo de 26.000 anos 
Quando você passou por 12-12-12, vocês entraram em um portal que mudou, e mudou tudo. Vocês aterrissaram no outro lado, escolheram se elevar, sacudiram a poeira, em seguida, voltaram a trabalhar. Vocês literalmente começaram a trabalhar com as mesmas energias que vocês faziam no outro lado do portal. O desafio, naturalmente, tem sido a de que eles parecem funcionar ou não, pelo menos, da mesma forma. Bem, meus queridos, é por uma razão. Foi introduzido um novo ritmo quando vocês passaram por esse portal e agora esses ritmos começaram a mudar. Há um ritmo maior que tem a ver com a precessão axial e é isso que queremos falar. Vocês estão no início de mais um ciclo de 26.000 anos que está começando. Isso acontece em um único dia? Não, mas ele está começando no final de Março de 2015 e é o que realmente está ocorrendo. Vai levar cerca de um ano, cerca de 300 dias, para entrarem plenamente esta energia. Levará muito tempo para entenderem a nova energia e realmente entendê-la. Entretanto, há muitas conexões que vocês podem fazer que podem ajudá-lo a aterrar e usar essa nova energia de novas maneiras.
A Terra está abrindo espaço para os humanos capacitados e Sociedades fortalecidas
Compartilhamos com vocês muitas vezes que a Terra está preparando uma mudança em si mesma, e isso é realmente o que está acontecendo. Por que a Terra está mudando ? É muito simples: a Terra está mudando para criar espaço para os humanos capacitados. Vocês estão despertando do sonho, começando a se lembrar de sua energia de novas maneiras. A Terra está agora fazendo um espaço para os humanos capacitados e sociedades habilitadas a re-tornar a este planeta e que a curva está começando no final de março. Nós dizemos a “curva” porque, na realidade, não é possível marcar e demarcar o ciclo de 26.000 anos em um dia específico. Também não é apropriado fazê-lo, porque o que acontece quando a data passa para aqueles que não têm sentido isso? Isso não é o que queremos no planeta Terra mais. É muito importante que, até certo ponto, todos vocês possam sentir o vento em suas costas. Saibam que vocês estão lidando com isso melhor do que vocês podem imaginar. Sabemos que a maioria de vocês se sentem como estar no modo de sobrevivência. Muitos de vocês sentem como as regras mudaram e vocês ainda não descobriram como jogar o novo jogo. Bem, tudo isso é mudança, queridos, em um novo ritmo e é isso que está ocorrendo.
A passagem da Linha do Tempo de uma Dominação Masculina com a Dominação Feminina
É muito mágico em tantos níveis e a parte interessante é que a linha do tempo que vocês estão é dominada pelos homens, como tem sido por muito, muito tempo. Alguma vez vocês já se perguntaram sobre isso? Por que suas representações do céu não incluem Arcanjos do sexo feminino? Sim, o mundo inteiro, toda a sua linha do tempo tem sido dominada pelos homens. Agora nós não dissemos que está errado, queridos. É simplesmente a maneira que vocês escolheram para jogar o jogo. O que estamos dizendo é que isso está mudando e que esta é a parte bonita. Há, na verdade, uma outra linha de tempo bem próxima a sua, que foi dominado pelo feminino. As duas linhas se cruzam e deixando impressões permanentes para criar um equilíbrio de energia masculino / feminino no planeta Terra. Isso é necessário para levar os seus passos no empoderamento, e para o ser humano capacitado para estar confortável no planeta Terra. Agora vocês já podem usar toda a sua energia, em vez de apenas a energia polarizada do masculino ou feminino. Vocês não fazem essas alterações durante a noite; vocês o fizeram desde o início da curva e já se deslocaram. Por exemplo, vocês tem mais palavras em seu planeta agora para descrever a expressão sexual do que nunca; é assim que deve ser porque vocês estão perdendo suas velhas restrições em torno da energia sexual. Vocês foram criados como um homem; vocês foram ensinados que isso é o que um homem deveria ser. Vocês foram criados como uma mulher; lhes foi dito estas são as regras da feminilidade. Tudo isso está mudando e é a razão pela qual você está vendo suas regras mudarem, mesmo na forma de leis sobre o planeta Terra.
Você Despertou na 11ª Hora e permaneceu
Vocês estão começando a ver uma abertura como nunca  foi antes. Estão se preparando para uma grande mudança para equilibrar o masculino e o feminino e começa no final de março, a poucos meses de distância. Na verdade, a preparação já começou, porque os seres humanos podem sentir a mudança que está vindo. Vocês podem sentir alguma coisa do processo, e como de costume vocês correm na frente. Vocês são incríveis, meus queridos, como vocês iniciam o processo antes mesmo que estejam aqui. Quando vocês verem quem vocês realmente são e o que vocês tem feito por estar aqui neste planeta neste momento, vocês serão tão gratos porque vocês foram uma parte disso. A magia está realmente acontecendo no planeta Terra e todos os olhos de todo o universo estão assistindo. Isso já aconteceu antes em todo o universo, mas nunca antes com as pessoas que realmente fizeram a mudança, enquanto está ocorrendo. Vocês ressurgiram para iniciar o jogo em um novo ciclo, e desta vez vocês ficaram. Vocês decidiram despertar do sonho às 11 horas e começaram a tomar o seu poder, então tudo começou a mudar, incluindo muitas de suas escolhas coletivas.




Harmonia com os outros é a Chave para o Sucesso
A vibração coletiva, ou o que chamamos de coração coletivo da humanidade, é o que vemos agora, porque ele realmente determina onde tudo está indo. Mencionamos isso várias vezes porque é muito útil para compreender. Anteriormente, vocês tinham pessoas que poderiam controlar o planeta Terra. Quando vocês tinham níveis tecnológicos muito baixos e níveis baixos de consciência, foi bastante fácil de controlar o seu canal de informação e fazer isso  fluir no seu caminho. Embora esta tenha sido o jeito dos seres humanos antes, já não é possível;  que é para nós um grande avanço no espírito de cada ser humano. Agora, é importante compreender que as conexões feitas estão se reforçando juntas, e é por isso que vocês entraram na terceira onda de consciência, a onda da harmonia. Como vocês se harmonizam com os seres humanos, assim como com outros seres, vai determinar o seu sucesso no planeta Terra a partir deste ponto em diante. É muito simples. Isso significa que vocês devem ser  pessoas comuns, ou devem ser alguém que é amado por muitos? Não, não é sobre os números, meus queridos, é sobre a profundidade de sua conexão com as outras pessoas.

Coloque alguma coisa em movimento

Vocês cresceram com suas regras, como as regras sociais. Algumas coisas têm sido aceitáveis para homens e outras coisas para as mulheres. Todas essas distinções estão desaparecendo neste novo ciclo, o que nós dizemos a vocês, meus queridos, é um ciclo muito maior. Essa é a outra peça que queremos compartilhar com vocês hoje, essas marcas estão cruzando entre si. Isso já aconteceu muitas vezes no planeta Terra para plantar sementes importantes que todos os seres humanos vão precisar no futuro, a fim de sobreviverem como uma raça de seres e levar a luz de casa. Nunca antes houve o conhecimento antes do tempo da travessia dos cronogramas. Agora vocês estão meses antes do tempo, começando a se prepararem e descobrirem o que vocês podem fazer para definir alguma coisa em movimento. Todos e cada um de vocês podem começar uma nova vida, vocês podem começar uma nova expressão; vocês podem começar algo grande ou pequeno, ou apenas pensar em começar qualquer coisa. Definir algo em movimento, não significa que ele deve ser perfeito ou que vocês devem seguir esse caminho exato. Os caminhos podem mudar e mudar, mas a chave é simplesmente colocar em movimento entre o agora e o final de Março. É um momento mágico queridos. Vocês criaram tanta magia em seu planeta, e vocês não tem idéia do quão profundo isso chega. Agora vocês estão começando a aprender mais sobre o seu ambiente e justamente por isso, só que desta vez vocês estão aprendendo através de seu próprio processo. Houve momentos em que este conhecimento ou sabedoria sofreu uma queda em seu planeta de forma muito clara, mas agora é o momento em que vocês podem se sentir usando e ancorando o conhecimento para criar toda uma nova energia para vós. Aqueles de vocês que atravessaram o portal, vagando por aí, batendo nas paredes e sentindo o seu caminho através da escuridão tentando descobrir onde o seu caminho está, vocês fizeram isso! Nós sabemos que vocês não se sentiram assim e  não podem sentir isso como um sucesso, no entanto, foi um enorme sucesso e vocês estão aqui. Vocês estão no lugar certo, na hora certa, queridos. Como esta junção de tempo e espaço trata de deixar essas marcas, vocês fazem parte dessa energia que é algo que vocês queriam. Se você está de acordo ou não é inteiramente com você. Você foi um dos escolhidos, queridos, pois havia uma longa fila de espíritos que esperavam para entrar neste momento. Não há ninguém aqui no planeta Terra que está apenas ocupando espaço. Cada ser trouxe um sabor único de luz a partir de casa e agora que vocês começarão a usá-lo, vocês podem integrar esta luz. Vocês podem criar um novo estilo de vida que pode levar esta luz e ser uma parte de sua energia em cada passo a frente.
Três passos para a frente, um passo para trás
Há muitas mudanças que estão ocorrendo neste momento. Pedimos-lhes que tenha em mente que tomar três passos para frente e um para trás é tipicamente a maneira como humanidade avança. Não desanime com o um passo para trás, isso é simplesmente parte do seu movimento para a frente. Quando vocês vêem as notícias na televisão ou se tornam completamente esmagados pela negatividade e pelas ações desumanas que vocês vêem no mundo, não desanimem. Isto é o pior de algumas dessas situações, e que se destinava a ser assim. É preciso compreender que muitas dessas coisas que vocês estão vendo está sendo jogado fora, simplesmente para que vocês possam vê-los. Por favor, não reaja exageradamente a nada disso; saibam que vocês estão em um lugar seguro e confiem que o planeta está se movendo.
Ansiedade
Agora, queremos também mencionar uma palavra que muitos de vocês estão sentindo: ansiedade. Muitos de vocês já sentiram, aumentando fortemente a ansiedade  ao longo dos últimos três a quatro meses. Para alguns de vocês se transformou em uma depressão profunda. Para outros, é simplesmente a ansiedade, a falta de ser capaz de dormir durante a noite sem se preocupar com alguma coisa. Isso está acontecendo por causa do desbaste do véu. Apesar de vocês terem olhado para a frente disso e temos dito há muito tempo que o véu está realmente seu amigo, o véu que os impediam de sentir muitas coisas. Como conseqüência muitos de vocês estão se sentindo um pouco desanimados. Vocês estão sentindo falta daquela centelha muito original da vida que vocês trouxeram de casa. Sejam pacientes queridos. Não se julguem por única noite de falta de sono, ou por seus sentimentos, ou mesmo como vocês se sentem sobre si mesmos, nestes tempos de mudança.
Um Incremento para a Humanidade
 
 
Toda a humanidade está passando por um re-arranjo radical em muitos níveis diferentes. Na Terra vocês têm uma linha do tempo onde vocês têm vivido que se baseia na energia masculina, e vocês estão prestes a atravessar um cronograma energia feminina. Como isso afeta a vocês? Bem, isso é exatamente a questão que estamos a pedindo a vocês. Quanto a isso, vocês podem aproveitar, como equilibrar a energia que vocês podem aterrar ? Isso irá determinar o quanto ficará gravado na humanidade após esses prazos que se cruzam, de modo a preparar-los, queridos. Preparem-se repensando suas vidas. Preparem-se para se atreverem a olhar debaixo de cada pedra de oportunidades e coisas que foram trazidas a vocês. Mesmo seus próprios guias agora irão se comunicar com vocês de uma maneira um pouco diferente. Não são eles que mudaram, são vocês. Toda a humanidade está dando um passo para cima e vocês tem de aprender a comunicar-se sobre estes novos níveis também. Estes são tempos excitantes para nós, e nós sabemos que vocês passaram por tanta coisa ao longo dos últimos anos. Vocês tem feito tudo e já deram um passo adiante na Nova Luz, passando por seus maiores medos para criar uma realidade de realização na luz em um mundo novo. Estes são os tempos em que todos vocês tinham esperança de chegar, se vocês se atreveram a ficar o tempo suficiente. Bem, vocês sabem e a energia está mudando agora. Queridos, está se tornando mágico para cada um de vocês. Agora é o tempo em que vocês podem estender suas mãos para compartilhar isso com outros seres humanos. Vocês não precisam usar as mesmas palavras, ou até mesmo usar a palavra “canalização”. Vocês são seres de coração, assim compartilham seu coração com outra pessoa e veem  como esta ancora a energia. Nós também lhes dizemos que vocês terão ajuda. Muitos desses desafios serão grandes viagens para alguns de vocês. Vocês sabem que isso seria possível, mesmo que isso não estivesse sido previsto originalmente para você, pois que  deixariam o planeta Terra. Teriam se transformado em algo semelhante ao que vocês tinham visto em Marte quando  vocês saíram de lá, mas vocês ficaram e hoje vocês têm a vida exuberantemente verde. Vocês têm belos lugares onde vocês podem ver a animação de seu planeta e que é mágico. Isso é apenas um nível de fisicalidade que não muda, então agora o resto estão começando a alinhar como novos ritmos circadianos que estão chegando. Vocês irão encontrar as suas atenções, seus ritmos ultradianos; que tem sido na marca de 90 minutos. Agora vai aumentar, como os seres humanos estão prestes a evoluir ainda mais para longe do que vocês já estão. Os seres humanos têm mudado mais nos últimos 10 anos do que nos 1000 anos anteriores. Sim, vocês podem olhar para trás e ver as mudanças tecnológicas e outras diferenças, mas o mais importante é que vossos corações evoluíram.
Assumindo o controle de sua vida
Agora, vamos trabalhar com vocês para libertar alguns dos sistemas de crenças limitantes que podem mantê-los presos onde você estão. Queridos, nós não poderíamos estar mais orgulhosos. Vocês escolheram bem; vocês foram para a frente da fila para estar aqui agora. Alguns de vocês estão perguntando por que vocês estão aqui,   “Eu ainda tenho contratos? Ainda tenho coisas que eu preciso fazer?”  A resposta é sempre sim, queridos. Sim, sim e sim!  Estes são os tempos vocês podem mudar no agora e tomarem conta das suas vidas. Segurem as próprias bases em si mesmo, um edifício sólido de sua própria luz e paixões, por que é o lugar onde vocês esconderam sua luz para esta viagem. Encontrem as coisas que vocês gostam de fazer e passem para elas. Preparem-se para que elas sejam uma parte ainda maior de sua vida neste próximo ciclo. Isso é mais emocionante para nós do que vocês poderiam imaginar, porque os seres humanos não eram para estar aqui neste momento, no entanto, aqui estão vocês e isso que é belo. Bom trabalho, queridos. A todos vocês.
Vocês foram todos para uma jornada pessoal, bem como coletiva. Foi alcançado alturas e níveis que nunca foram esperados da humanidade no planeta Terra. Bom trabalho! Agora, nós não podemos esperar para deixá-los perder os novos ritmos e para ajudar a vocês a ancorá-los para que vocês possam recuperar a sua confiança de volta e entenderem que vocês têm controle sobre seu ambiente. Isso permite que vocês estejam no comando de suas vidas, e trazer essas coisas em sua vida que excitam vocês para que vocês possam viver o seu  propósito e sua paixão. Estes são tempos maravilhosos, queridos. Nós não podemos esperar para ver como vocês e a vibração coletiva de toda a humanidade trabalham com isso. Sim, o coração coletivo começa a se abrir como um resultado destes grandes momentos em nosso planeta. Nós os amamos mais do que vocês possam  compreender e nós estamos incrivelmente orgulhosos de cada um de vocês. É com a maior honra que lhes pedimos que se tratem com respeito. Cuidem-se a cada oportunidade. Aproveitem os novos ritmos e joguem bem juntos.
Espavo Eu sou o Guardião do Tempo.
O grupo
A palavra Espavo é uma saudação inicial Lemuriana : “Obrigado por ter tomado seu poder”
Fonte : Lightworker
Tradução : Sônia L Pereira
Publicação : Mostradores da Luz

 

ertyuiop´[

” A Máfia Médica”

A Máfia Médica” é o título do livro lançado em 2010 que custou à doutora Ghislaine Lanctot a sua expulsão do colégio de médicos e a retirada da sua licença para exercer medicina. Trata-se provavelmente da denúncia publicada mais completa, integral, explícita e clara do papel que forma, a nível mundial, o complô formado pelo Sistema Sanitário e pela Indústria Farmacêutica.

O livro expõe, por um lado, a errônea concepção da saúde e da enfermidade, que tem a sociedade ocidental moderna, fomentada por esta máfia médica que monopolizou a saúde pública criando o mais lucrativo dos negócios. Além de falar sobre a verdadeira natureza das enfermidades, explica como as grandes empresas farmacêuticas controlam não só a investigação, mas também a docência médica, e como se criou um Sistema Sanitário baseado na enfermidade em vez da saúde, que cronifica enfermidades e mantém os cidadãos ignorantes e dependentes dele.

O livro é pura artilharia pesada contra todos os medos e mentiras que destroem a nossa saúde e a nossa capacidade de auto-regulação natural, tornando-nos manipuláveis e completamente dependentes do sistema. A seguir, uma bela entrevista à autora, realizada por Laura Jimeno Muñoz para Discovery Salud:

Medicina significa negócio

A autora de A Máfia Médica acabou os seus estudos de Medicina em 1967, numa época em que – como ela mesma confessa – estava convencida de que a Medicina era extraordinária e de que antes do final do séc. XX se teria o necessário para curar qualquer enfermidade. Só que essa primeira ilusão foi-se apagando até extinguir-se.

- Porquê essa decepção?

- Porque comecei a ver muitas coisas que me fizeram refletir. Por exemplo, nem todas as pessoas respondiam aos maravilhosos tratamentos da medicina oficial. Além disso, naquela época entrei em contato com várias terapias suaves – ou seja, praticantes de terapias não agressivas (em francês Médecine Douce) – que não tiveram problema algum em me abrir as suas consultas e em deixar-me ver o que faziam. Rapidamente concluí que as medicinas não agressivas são mais eficazes, mais baratas e, ainda por cima, têm menores efeitos secundários.

E suponho que começou a perguntar-se por que é que na Faculdade ninguém lhe havia falado dessas terapias alternativas não agressivas?

Isso mesmo. Logo a minha mente foi mais além e comecei a questionar-me como era possível que se chamassem de charlatães a pessoas a quem eu própria tinha visto curar e porque eram perseguidas como se fossem bruxos ou delinquentes. Por outro lado, como médica tinha participado em muitos congressos internacionais – em alguns como oradora – e me dei conta de que todas as apresentações e depoimentos que aparecem em tais eventos estão controlados e requerem, obrigatoriamente, ser primeiro aceitos pelo comitê científico organizador do congresso.

- E quem designa esse comitê científico?

- Geralmente quem financia o evento: a indústria farmacêutica. Sim, hoje são as multinacionais quem decide até o que se ensina aos futuros médicos nas faculdades e o que se publica e expõe nos congressos de medicina! O controle é absoluto.

- E isso ficou claro para você?

- E muito! Me dar conta do controle e da manipulação a que estão sujeitos os médicos – e os futuros médicos, ou sejam os estudantes – me fez entender claramente o que a medicina é, antes de tudo, um negócio. A medicina está hoje controlada pelos seguros públicos ou privados, o que dá na mesma, porque enquanto alguém tem um seguro perde o controle sobre o tipo de medicina que tem. Já não pode escolher. E há mais, os seguros determinam inclusivamente o preço de cada tratamento e as terapias que se vão praticar. E  se olharmos para trás das companhias de seguros ou da segurança social… encontramos o mesmo.

- O poder econômico?

Exato, é o dinheiro quem controla totalmente a Medicina. E a única coisa que de verdade interessa a quem maneja este negócio é ganhar dinheiro. E como ganhar mais? Claro, tornando as pessoas doentes…. porque as pessoas sãs, não geram ingressos. A estratégia consiste em suma, em ter enfermos crônicos que tenham que consumir o tipo de produtos paliativos, ou seja, para tratar só sintomas, medicamentos para aliviar a dor, baixar a febre, diminuir a inflamação. Mas, nunca fármacos que possam resolver uma doença. Isso não é rentável, não interessa. A medicina atual está concebida para que a gente permaneça enferma o maior tempo possível e compre fármacos; se possível, toda a vida.

 

Um sistema da doença

- Deduzo que essa é a razão pela qual no seu livro se refere ao sistema sanitário como “sistema da doença”

- Efetivamente. O chamado sistema sanitário é na realidade um sistema da doença. Pratica-se uma medicina da doença e não da saúde. Uma medicina que só reconhece a existência do corpo físico e não leva em conta nem o espírito, nem a mente, nem as emoções. E que além disso, trata apenas o sintoma e não a causa do problema. Trata-se de um sistema que mantém o paciente na ignorância e na dependência, e a quem se estimula para que consuma fármacos de todo o tipo.

- Supõe-se que o sistema sanitário está ao serviço das pessoas!

- Está ao serviço de quem dele tira proveito: a indústria farmacêutica. De uma forma oficial – puramente ilusória – o sistema está ao serviço do paciente, mas oficialmente, na realidade, o sistema está às ordens da indústria que é quem move os fios e mantém o sistema da doença em seu próprio benefício.

Em suma, trata-se de uma autêntica máfia médica, de um sistema que cria enfermidades e mata por dinheiro e por poder.  

- E que papel desempenha o médico nessa máfia?

O médico é – muitas vezes de uma forma inconsciente, na verdade – a correia de transmissão da grande indústria. Durante os 5 a 10 anos que passa na Faculdade de Medicina o sistema encarrega-se de lhe inculcar uns determinados conhecimentos e de lhe fechar os olhos para outras possibilidades. Posteriormente, nos hospitais e congressos médicos, é reforçada a ideia de que a função do médico é curar e salvar vidas, de que a doença e a morte são fracassos que se deve evitar a todo o custo e de que o ensinamento recebido é o único válido. E mais, te ensinam que o médico não deve implicar-se emocionalmente e que é um «deus» da saúde. Daí resulta o caça às bruxas entre os próprios profissionais da medicina. A medicina oficial, a científica, não pode permitir que existam outras formas de curar que não sejam servis ao sistema.O sistema, de fato, pretende fazer crer que a única medicina válida é a chamada medicina científica, a que você aprendeu e que renegou. Precisamente no mesmo número da revista em que vai aparecer a sua entrevista, publicamos um artigo a respeito.A medicina científica está enormemente limitada porque se baseia na física materialista de Newton: tal efeito obedece a tal causa. E, assim, tal sintoma precede a tal enfermidade e requer tal tratamento. Trata-se de uma medicina que ademais só reconhece o que se vê, se toca, ou se mede e nega toda a conexão entre as emoções, o pensamento, a consciência e o estado de saúde do físico. E quando a importunamos com algum problema desse tipo, cola a etiqueta de doença psicossomática no paciente e envia-o para casa, receitando-lhe comprimidos para os nervos.

É dizer, que no que lhe toca, a medicina convencional só se ocupa em fazer desaparecer os sintomas.

– Salvo no que se refere a cirurgia, os antibióticos e algumas poucas coisas mais, como os modernos meios de diagnóstico, sim. Dá a impressão de curar mas não cura. Simplesmente elimina a manifestação do problema no corpo físico mas este, cedo ou tarde, ressurge.

-  Você acha que dão melhores resultados as chamadas medicinas suaves ou não agressivas

É a melhor opção porque trata o paciente de uma forma holística e ajuda na cura… mas tão pouco cura. Olhe, qualquer das chamadas medicinas alternativas são uma boa ajuda mas apenas isso: complementos! Porque o verdadeiro médico é você próprio. Quando está consciente da sua soberania sobre a saúde, deixa de necessitar de terapeutas. O enfermo é o único que pode curar-se. Nada pode fazê-lo em seu lugar. A autocura é a única medicina que cura. A questão é que o sistema trabalha para que esqueçamos a nossa condição de seres soberanos e nos convertamos em seres submissos e dependentes. Nas nossas mãos esteremos rompendo essa escravidão.

- E, na sua opinião, por que é que as autoridades políticas, médicas, midiáticas e econômicas o permitem? Porque os governos não acabam com este sistema da doença, que além de tudo é caríssimo?

Acerca disso, tenho três hipóteses. A primeira é que talvez não saibam que tudo o que se passa… mas é difícil de aceitar porque a informação está ao seu alcance há muitos anos e nos últimos vinte anos foram já várias as publicações que denunciaram a corrupção do sistema e a conspiração existente. A segunda hipótese é que não podem acabar com ele… mas também resulta, como difícil de acreditar, porque os governos têm poder.

- E a terceira, suponho, é que não querem acabar com o sistema.

- Pois o certo é que, eliminadas as outras duas hipóteses, essa parece a mais plausível. E se um Governo se nega a acabar com um sistema que arruína e mata os seus cidadãos é porque faz parte dele, porque faz parte da máfia.

A máfia médica

- Quem na sua opinião, integra a “máfia médica”?

- Em diferentes escalas e com distintas implicações, com certeza, a industria farmacêutica, as autoridades políticas, os grandes laboratórios, os hospitais, as companhias seguradoras, as Agencias dos Medicamentos, as Ordens dos Médicos, os próprios médicos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) – o Ministério da Saúde da ONU- e, com certeza, o governo mundial na sombra do dinheiro.

- Entendemos que para você, a Organização Mundial da Saúde é “a máfia das máfias”?

É sim. Essa organização está completamente controlada pelo dinheiro. A OMS é a organização que estabelece, em nome da saúde, a “política da doença” em todos os países. Todo o mundo tem que obedecer cegamente às diretrizes da OMS. Não há escapatória. De fato, desde 1977, com a Declaração de Alma Ata, nada pode escapar ao seu controle.

- Em que consiste essa declaração?

Trata-se de uma declaração que dá à OMS os meios para estabelecer os critérios e normas internacionais da prática médica. Assim, foi retirada dos países a sua soberania em matéria de saúde para transferi-la para um governo mundial não eleito, cujo “ministério da saúde” é a OMS. Desde então, “direito à saúde” significa “direito à medicação”. Foi assim que impuseram as vacinas e os medicamentos a toda a população do globo.

- Uma ação que não se questiona

- Claro porque, “quem vai ousar duvidar das boas intenções da Organização Mundial de Saúde?” Com certeza, há que perguntar quem controla, por sua vez essa organização através da ONU? O poder econômico!

- Você acredita  que nem sequer as organizações humanitárias escapam a esse controle?

Com certeza que não. As organizações humanitárias também dependem da ONU, ou seja, do dinheiro das subvenções. E portanto, as suas atividades estão igualmente controladas. Organizações como Médicos Sem Fronteiras acreditam que servem altruisticamente as pessoas, mas na realidade servem ao dinheiro.

- Uma máfia extremamente poderosa!

Onipotente, eu diria. Eliminou toda a competência. Hoje em dia, “orientam-se “ os investigadores. Os dissidentes são encarcerados, manipulados e reduzidos ao silêncio. Aos médicos “alternativos” os intitulam de loucos, retiram-lhes a licença, ou os encarceram também. Os produtos alternativos rentáveis caíram igualmente nas mãos das multinacionais graças às normativas da OMS e às patentes da Organização Mundial do Comércio. As autoridades e os seus meios de comunicação social ocupam-se a alimentarem, entre a população, o medo da doença, da velhice e da morte. De fato, a obsessão por viver mais ou simplesmente, por sobreviver, fez prosperar inclusive o tráfico internacional de órgãos, sangue e embriões humanos. E em muitas clínicas de fertilização na realidade “fabricam-se” uma multidão de embriões, que logo se armazenam para serem utilizados em cosmética, em tratamentos rejuvenescedores, etc. Isso sem contar com o que se irradiam os alimentos, se modificam os genes, a água está contaminada e o ar envenenado. E mais, as crianças recebem absurdamente, até 35 vacinas antes de irem para a escola. E assim, cada membro da família tem já o seu comprimido: o pai, o Viagra; a mãe, o Prozac; o filho, o Ritalin. E tudo isto para quê? Porque o resultado é conhecido: os custos sanitários sobem e sobem, mas as pessoas continuam adoecendo e morrendo da mesma forma.

As autoridades mentem

- O que você explicou sobre o sistema sanitário imperante é uma realidade que cada vez mais gente começa a conhecer, mas nos surpreenderam alguns das suas afirmações a respeito do que define como “as três grandes mentiras das autoridades políticas e sanitárias”.

E reitero: as autoridades mentem quando dizem que as vacinas nos protegem, mentem quando dizem que a doença é contagiosa e mentem quando dizem que o câncer é um mistério.

- Bem, falaremos disso mas, já lhe adianto, na revista não compartilhamos alguns dos seus pontos de vista. Se lhe parece bem, podemos começar falando das vacinas. Na nossa opinião, a sua afirmação de que nenhuma vacina é útil, não se sustenta. Uma coisa com que concordamos, é que algumas são ineficazes e outras inúteis; às vezes, até perigosas

Pois eu mantenho todas as minhas afirmações. A única imunidade autêntica é a natural, e esta se desenvolve em 90% da população antes dos 15 anos. E mais, as vacinas artificiais curto-circuitam por completo o desenvolvimento das primeiras defesas do organismo. E que as vacinas têm riscos, é algo muito evidente; apesar da ocultação. Por exemplo, uma vacina pode provocar a mesma doença para que se destina. Porque não se adverte? Também é ocultado que a pessoa vacinada pode transmitir a doença ainda que não esteja enferma. Mesmo assim , não é dito que a vacina pode sensibilizar a pessoa perante a doença. Ainda que o mais grave seja a ocultação  da inutilidade, constatada, de certas vacinas.

- A quais se refere?

–  Às das doenças como a tuberculose e o tétano, vacinas que não conferem nenhuma imunidade; a rubéola, de que 90% das mulheres estão protegidas de modo natural; a difteria, que durante as maiores epidemias só alcançava  7% das crianças apesar disso, hoje, vacinam todas; a gripe, a hepatite B, cujos vírus se fazem rapidamente resistentes aos anti-corpos das vacinas.

- E até que ponto podem ser também perigosas?

As inumeráveis complicações que causam as vacinas – desde transtornos menores até à morte – estão suficientemente documentadas; por exemplo, a morte súbita do lactante. Por isso há  numerosos protestos de especialistas na matéria e são inúmeras as demandas judiciais que foram interpostas contra os fabricantes. Por outro lado, quando se examinam as consequências dos programas de vacinações massivas extraem-se conclusões esclarecedoras.

- Agradeceria se mencionasse algumas

Olhe, em primeiro lugar as vacinas são caras e constituem para o Estado um gasto de milhões de euros ao ano. Portanto, o único benefício evidente e seguro das vacinas… é o que obtém a industria. Além disso, a vacinação estimula o sistema imunológico, mas repetida a vacinação o sistema esgota-se. Portanto, a vacina repetida pode fazer por exemplo, estalar a “doença silenciosa” e garantir um “mercado da doença”, perpetuamente. Mais dados: a vacinação incita à dependência médica e reforça a crença de que o nosso sistema imune é ineficaz. Ainda o mais horrível é que a vacinação facilita os genocídios seletivos pois permite liquidar pessoas de certa raça, de certo grupo, de certa região… Serve como experimentação para testar novos produtos sobre um amplo mostruário da população e uma arma biológica potentíssima ao serviço da guerra biológica porque permite interferir no património genético hereditário de quem se queira.

-Bom, é evidente que há muitas coisas das quais se pode fazer um bom ou mau uso mas isso depende da vontade e intenção de quem as utiliza. Bem, falemos então da segunda grande mentira das autoridades: você afirma que a doença não é contagiosa. Me  perdoe, mas assim como o resto das suas afirmações nos pareceram pensadas e razoáveis, neste âmbito não temos visto que argumente essa afirmação.

- Eu afirmo que a teoria de que o único causador da sida  é o HIV o Vírus da Imunodeficiência Adquirida é falsa. Essa é a grande mentira. A verdade é que ter o HIV não implica necessariamente desenvolver a doença. Porque a sida não é senão uma etiqueta que se “coloca” num estado de saúde a que dão lugar numerosas patologias quando o sistema imunitário está em baixa. E nego que ter doença equivalha a morte segura. Mas, claro, essa verdade não interessa. As autoridades impõem-nos à força a ideia de que a sida é uma doença causada por um só vírus apesar de o próprio Luc Montagnier, do Instituto Pasteur, co-descobridor oficial do HIV em 1983, ter reconhecido já em 1990, que o HIV não é suficiente por si só para causar a sida. Outra evidência é o fato de que há numerosos casos de sida, sem vírus HIV e numerosos casos de vírus HIV, sem sida (seropositivos). Por outro lado, ainda não se conseguiu demonstrar que o vírus HIV cause a sida, e a demonstração é uma regra científica elementar para estabelecer uma relação causa-efeito, entre dois fatores. O que se sabe, sem dúvida, é que o HIV é um retrovírus inofensivo que só se ativa quando o sistema imunológico está debilitado.

- Você afirma no seu livro que o HIV foi criado artificialmente num laboratório

-Sim. Investigações de eminentes médicos indicam que o HIV foi criado enquanto se faziam ensaios de vacinação contra a hepatite B em grupos de homossexuais. E tudo indica que o continente africano foi contaminado do mesmo modo durante campanhas de vacinação contra a varíola. Claro que outros investigadores vão mais longe ainda e afirmam que o vírus da sida foi cultivado como arma biológica e depois deliberadamente propagado mediante a vacinação de grupos de população que se queriam exterminar.

- Também observamos que ataca duramente a utilização do AZT para tratar a sida

-Já no Congresso sobre SIDA celebrado em Copenhague em Maio de 1992 os sobreviventes da sida afirmaram que a solução então proposta pela medicina científica para combater o HIV, o AZT, era absolutamente ineficaz. Hoje isso está fora de qualquer dúvida. Pois bem, eu afirmo que se pode sobreviver à sida… mas não ao AZT. Este medicamento é mais mortal que a sida. O simples senso comum permite entender que não é com fármacos imuno-depressores que se reforça o sistema imunitário. Olhe, a sida converteu-se noutro grande negócio. Por isso, promociona-se amplamente combatê-lo, porque ele dá muito dinheiro à industria farmacêutica. Simples assim.

- Vamos falar da “terceira grande mentira” das autoridades: a de que o câncer é um mistério

O chamado câncer, ou seja, a massiva proliferação anômala de células, é algo tão habitual que todos nós padecemos varias vezes ao longo da nossa vida. Só que quando isso ocorre, o sistema imunológico atua e destrói as células cancerígenas. O problema surge quando o nosso sistema imunológico está frágil e não pode eliminá-las. Então o conjunto de células cancerosas acaba crescendo e formando um tumor.

- E é nesse momento quando se entra na engrenagem do “sistema da doença”

É sim. Porque quando se descobre um tumor se oferece de imediato ao paciente, com o pretexto de ajudá-lo, que escolha entre estas três possibilidades ou “formas de tortura”: amputá-lo (cirurgia), queimá-lo (radioterapia) ou envenena-lo (quimioterapia). Escondendo-se, que existem remédios alternativos eficazes, inócuos e baratos. E depois de quatro décadas de “luta intensiva”contra o câncer, qual é a situação nos próprios países industrializados? Que a taxa de mortalidade, por câncer, aumentou. Esse simples fato põe em evidência o fracasso da sua prevenção e do seu tratamento. Desperdiçaram milhares de milhões de euros e tanto o número de doentes, como o de mortos, contínua crescendo. Hoje sabemos a quem beneficia esta situação. Como sabemos quem a criou e quem a sustenta. No caso da guerra, todos sabemos que esta beneficia sobretudo aos fabricantes e traficantes de armas. Bom,  na medicina quem se beneficia são os fabricantes e traficantes do “armamento contra o câncer” ou seja, quem está detrás da quimioterapia, da radioterapia, da cirurgia e de toda a industria hospitalar.

 A máfia, uma necessidade evolutiva

– No entanto, apesar de tudo, mantém que a máfia médica é uma necessidade evolutiva da humanidade. Que quer dizer com essa afirmação?

Você verá, pense num peixe comodamente instalado no seu aquário. Enquanto tem água e comida tudo está bem, mas se lhe começa a faltar o alimento e o nível da água desce perigosamente o peixe decidirá saltar para fora do aquário buscando uma forma de se salvar. Bom, pois eu entendo que a máfia médica pode nos ajudar a dar esse salto individualmente. Isso, se houver muita gente que prefira morrer a saltar.

- Mas para dar esse salto é preciso um nível de consciência determinado

Sim. E eu creio que se está elevando muito e muito rapidamente. A informação que antes se ocultava agora é pública: que a medicina mata pessoas, que os medicamentos nos envenenam, etc. Além do mais, o médico alemão Ryke Geerd Hamer demonstrou que todas as enfermidades são psicossomáticas e as medicinas não agressivas ganham popularidade. A máfia médica irá desmoronar como um castelo de cartas quando 5% da população perder a sua confiança nela. Basta que essa percentagem da população mundial seja consciente e conectada com a sua própria divindade. Então decidirá escapar à escravatura a que tem sido submetida pela máfia e o sistema atual derrubará. Tão simples como isto.

- E em que ponto crê que estamos?Não sei quantificá-lo, mas penso que provavelmente em menos de 5 anos todo o mundo se dará conta de que quando vai ao médico vai a um especialista de doença e não a um especialista da saúde. Deixar de lado a chamada “medicina científica” e a segurança que oferece, para ir a um terapeuta é já um passo importante. Também perder o respeito e a obediência cega ao médico. O grande passo é dizer não à autoridade exterior e dizer sim à nossa autoridade interior.

E o que é que nos impede de romper com a autoridade exterior?

O medo. Temos medo de não chamar o médico. Mas é o medo, por si próprio, quem nos pode adoecer e morrer. Nós morremos de medo. 

- E o que podem fazer os meios de comunicação para contribuir para a elevação da consciência nesta matéria?

Informar sem tentar convencer. Dizer o que sabe e deixar às pessoas fazerem o que queiram com a informação. Porque tentar convencê-las será impor outra verdade e de novo estaríamos noutra guerra. Necessita-se apenas dar referencia. Basta dizer as coisas. Logo, as pessoas escutarão, se ressoarem nelas. E, se o seu medo for maior do que o seu amor por si mesmos, dirão: “Isso é impossível”. Se pelo contrário têm aberto o coração, escutarão e questionarão as suas convicções. É então, nesse momento, quando quiserem saber mais, que se poderá dar mais informação.

 

Fontes:
– Simbiosis Restaurando de la consciencia: La mafia médica
- Portal em Pauta: “A Máfia Médica” e a indústria da doença

 

11001892_795542000494708_747369725659857026_n

ARRUME AS SUAS GAVETAS!

Aprendi com os mais velhos e sábios que, quando temos um problema difícil de ser resolvido, que nos tira a paz, precisamos nos afastar de tudo e arrumar o ambiente ao nosso redor.
Entenda que o seu quarto bagunçado, a sua casa, a sua bolsa, a sua gaveta, o seu ambiente, é o espelho da sua vida interior! E… vice-versa! Ou seja, um ambiente desarrumado acaba influenciando e dando espaço para que os sentimentos negativos tomem conta da sua vida – você manifesta no exterior o que está acontecendo no seu interior.

Por isso, arrumar tudo externamente é uma atitude simbólica do seu desejo e esforço em mudar o que está negativo dentro de você!
O universo funciona assim: o que está dentro está fora. O que está fora contamina o que está dentro.
Por esse motivo, lembre-ser sempre que você pode influenciar o interior com o exterior e vice-versa, você tem a chave para a sua organização pessoal.
No momento em que você limpa a sua gaveta e joga fora aquilo que não presta, o que é negativo, as pessoas que não contribuem para o seu crescimento, está reprogramando simbolicamente o seu interior. É uma das melhores chaves para conseguir serenidade e respostas para problemas muito difíceis.

Aproveite e arrume suas gavetas. Com certeza vai ajudar você a encontrar solução para muitos de seus problemas.

(Adaptado de Deposito dos Sentimentos)

Dr Fábio Augusto

rtghjklghjk

Estudo inédito da OMS indica que há 1 suicídio no mundo a cada 40 segundos

O suicídio se tornou uma epidemia de proporções globais, mata mais de 800 mil pessoas por ano e 75% dos casos são registrados em países emergentes e pobres, não nas capitais escandinavas, como a cultura popular insiste. Nesta quinta-feira (4), a Organização Mundial da Saúde (OMS) publica, pela primeira vez em mais de 50 anos de história, um levantamento global sobre o fenômeno que tira a vida de uma pessoa a cada 40 segundos.

O estigma faz só um pequeno número de países coletar dados sobre o fenômeno. Dos 194 países da OMS, apenas 60 mantêm informações sobre o assunto.

Diante dessa realidade, a Organização Mundial de Saúde vai lançar-se em campanha para ajudar governos a desenhar programas de prevenção e reduzir a taxa em 10% até 2020. Hoje apenas 28 países pelo mundo têm estratégias nacionais de prevenção. “Para cada suicídio cometido, muitos outros tentam a cada ano”, alerta a OMS.

Brasil

Em termos absolutos, o Brasil é o oitavo país do mundo com maior número de casos de suicídio, mais de 11,8 mil em 2012. Mas, em proporção ao tamanho da população, a taxa é inferior à média mundial. O que preocupa os especialistas é que esse comportamento tem atingido número cada vez maior de pessoas. Em apenas dez anos, o número de suicídios aumentou no país em mais de 10%.

A liderança em termos de números absolutos é da Índia, com 258 mil casos por ano. A China vem em segundo lugar, com 120 mil. Na terceira posição estão os americanos, com 43 mil suicídios por ano, seguidos por Rússia, Japão, Coreia, Paquistão e Brasil.

Na liderança em termos proporcionais está a Guiana, com 44 casos para cada 100 mil pessoas. A Coreia do Norte vem em segundo lugar, com 38,5 casos. Sri Lanka, Coreia do Sul e Lituânia dividem a terceira colocação, com 28 casos para cada 100 mil pessoas. Locais associados com esse comportamento, como Suécia, Finlândia e Suíça registram taxas de 11, 14 e 9 casos para cada cem mil pessoas.

O Brasil está distante desse grupo. Mas o país passou de uma taxa de 5,3 casos por 100 mil pessoas em 2000 para 5,8 em 2012. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.